Técnicos de urnas eletrônicas estão levando calote

Segundo o site Litoralmania, centenas de técnicos que deram assistência nas eleições deste ano ainda não receberam dinheiro da rescisão contratual com a empresa Probank, contratada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Também faltam os pagamentos de alguns vales-alimentação e do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). Um dos que ainda não receberam trabalhou durante o pleito no Litoral Norte.
Houve ligações para um telefone da empresa, em Minas Gerais, mas foi informado que ali havia uma firma de comunicação que não poderia falar em nome da Probank.
A falta de pagamento dos técnicos poderá levar a ações na Justiça. Por outro lado, a Probank alega ter dinheiro a receber do TSE, o que estaria atrasando o pagamento dos profissionais.

Anúncios

Um Comentário

  1. Maria Pinheiro

    E deu de novo, os tecnicos de urnas não receberam as horas extras até agora, e todo mundo sumiu, a empresa nao atende mais aos telefones. O TSE deveria fiscalizar com mais rigor quem pega pra fazer serviços pra eles.Isso agora em 2012 com o nome de Engetec, ams são os mesmos donos.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s