Entre trevas e luzes

protesto 1Um advogada, acho que coxinha, me chamou de tolo e alienado numa rede social, irritada com minhas provocações a respeito de resultados eleitorais e o comportamento das multidões nas ruas. Logo que chegaram-me esses adjetivos, e não os considero insultos pois totalmente descolados de mim, passei a vasculhar os acontecimentos dos últimos dias. Olhei o site do jornalista Paulo Henrique Amorim, fiz pesquisas no Google mais tarde, encontrando elementos mais que fundados para as minhas suspeitas.
Na internet mesmo as brigas fortuitas aparecem quase como irreais, pois são como algo que apenas flutua no ar e logo desaparece. Eu pensava numa coisa totalmente fora dali e a advogada irritada me lançou aquelas palavras. Na verdade estava eu construindo um arranjo mental, fazendo uma análise da crise brasileira, procurando cristalizá-la em um quadro para depois encontrar uma tese.
Há uma conspiração sendo urdida no país, envolvendo figurões de altas esferas. A ação maquiavélica do juiz Sérgio Moro reforça este tese, pois jogou lenha na fogueira e, com a ajuda de grandes grupos de comunicação, lançou a discórdia e disparou uma caça às bruxas.
protestoNa última folha do livro “A Ditadura Encurralada”, de Elio Gaspari, havia uma página em branco onde fiz um esboço de um esquema conspiratório. Por WhatsApp mandei a foto deste rascunho a um amigo para posterior comparação entre os fatos e a teoria.
Estranho mundo, mas nem tanto assim. As explicações existem, várias fontes estão na internet. Penso que muitas vezes as melhores ideias surgem da confusão, do descontrole. Aliás, esta a marca registrada dos últimos dias.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s