Crise do Hospital de Osório é discutida em Brasília

Ministro conversa com prefeito Abrahão

Ministro conversa com prefeito Abrahão

A tentativa de credenciamento da Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do Hospital de Osório representa um dos primeiros passos para busca de reversão do quadro de grave crise por que passa a entidade, com dívidas que ultrapassam a casa de R$ 8 milhões.
O Hospital encontra-se sob intervenção e o atual gestor, Márcio Rolim, tem pela frente a dura tarefa de mudar procedimentos administrativos e realinhar os setores rumo à eficiência e produtividade.
O prefeito Eduardo Abrahão peregrinou até a Capital Federal atrás de soluções, acompanhado de Márcio Rolim. Ambos avaliam os próximos passos e planejam a implantação de novos serviços no São Vicente.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s