Pesquisa irregular leva a condenação de candidato de Imbé

A Justiça Eleitoral condenou nesta terça-feira (25) o candidato do Partido Republicano Brasileiro (PRB) a prefeito de Imbé no último pleito, João Maciel, o João do Poste, por divulgação irregular de pesquisa eleitoral não registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RS). A multa também atinge o seu candidato a vice, Luiz Lopes de Oliveira. A ação foi ajuizada pela coligação Imbé Merece.
O fato ocorreu no sábado, dia 1° de outubro, véspera das eleições. Através do seu perfil no Facebook, João do Poste publicou uma suposta pesquisa eleitoral em que estava em segundo lugar nas intenções de voto para o Executivo Municipal, utilizando a legenda “esta é a verdadeira pesquisa”. A coligação Um Novo Tempo para Imbé, liderada por João e Luiz, conquistou 359 votos (2,67% dos votos válidos). A multa fixada pela juíza Cristiane Stefanello Scherer, responsável pela 110ª Zona Eleitoral, é de R$ 80 mil para cada um dos candidatos.
FONTE: Correio do Imbé

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s