Gauto anuncia Secretariado em Tramandaí

Gauto anuncia medidas ao lado de Corso (esq.)

Gauto anuncia medidas ao lado de Corso (esq.)

Hoje pela manhã, no auditório do Hotel Schenkel, o prefeito eleito de Tramandaí, Luiz Carlos Gauto (PP), concedeu entrevista coletiva sobre as ações da próxima administração municipal. Gauto, ao lado do vice Flávio Corso Júnior (PDT), afirmou que haverá foco em cortes de gastos, austeridade e eficiência na gestão.
Hoje a Prefeitura de Tramandaí está com 54% da receita corrente líquida comprometida com a folha de pagamento, acima do limite prudencial estipulado pela legislação. “Nada pior do que adiar ou parcelar folha de pagamento”, assinalou. Para evitar isto, haverá diminuição de despesas, com revisão de terceirizações e cortes de cargos em comissão (CCs). Gauto revelou que hoje a dívida ativa do IPTU está em R$ 15 milhões, o que motivará uma ação forte de cobrança da Secretaria da Fazenda.

Novo Secretariado foi anunciado por Gauto

Entrevista coletiva foi no Hotel Schenkel

SECRETARIADO
“Na escolha do Secretariado há mais viés técnico do que político. Friso que Secretaria não é um feudo. Ela é de participação na administração”, explicou. Os futuros secretários foram anunciados ao final da entrevista. Eles foram chamados um a um até a frente. Em seguida muitas fotos foram batidas, já acontecendo especulações em relação a medidas a serem adotadas por Gauto que assumirá em 1º de janeiro, em plena temporada de veraneio.
Administração – Alzira Aguiar; Fazenda – Marcelo Monte dos Anjos; Saúde – Saleh Abdalla Júnior; Educação – Alvanira Ferri Gamba; Obras – Antônio Augusto Galaschi; Turismo – Elói da Silva Sessim; Planejamento – Cláudio Pereira; Ação Social – Cristiane Muller; Zona Sul – Adan Corrêa D’Ávila; Chefe de Gabinete – Marcos Aurélio Krummenauer; Procurador Geral – Luciano Reuter.

Anúncios

Um Comentário

  1. Jorge Loeffler

    Quanto à contenção de despesas vejo como louvável, pois foram quatro anos em que o dinheiro foi jogado no lixo. Espero que o Secretário de Obras entenda que a Zona Sul não existe apenas para pagar tributos vez que como as demais espera a contrapartida. No presente exercício não paguei o IPTU e só pagarei no primeiro dia útil do ano vindouro, por que com isto pretendei preservar esse valor à cidade e não às festas e empreguismo como costuma ocorrer no presente. Precisamos lisura e respeito da administração e para isto a tal Festa do Peixe que é na verdade a FARRA DO PEIXE eu faz evaporar do orçamento municipal a bagatela de DOIS MILHÕES DE REAIS, quando sabe-se que essas festas sempre encontram empresas interessadas em patrociná-las. Se a futura administração assim pensar seremos grandes e bons parceiros.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s