Réveillon de Torres será destaque no Litoral Norte

Réveillon em Torres

Réveillon em Torres

A queda da receita das Prefeituras afeta diretamente as festas de fim de ano. Em Osório não haverá a tradicional queima de fogos e os arranjos natalinos se mantiveram apenas numa estrutura básica em alguns pontos da cidade.
A Prefeitura de Imbé também sente os efeitos da crise. Ela informa que não haverá queima de fogos de artifício nem shows musicais no Réveillon. O prefeito Pierre Emerim (PT) justifica que o motivo é a falta de recursos. “Estamos trabalhando para termos pelo menos o Carnaval. Estamos passando por uma crise financeira sem precedentes que vem dificultando ações não somente de Imbé, mas de outras prefeituras da região”, ressalta. Tramandaí e Capão da Canoa também sinalizam no sentido de contenção de gastos na virada do ano.
A tendência é de que o maior Réveillon da região ocorra em Torres, em razão do grande afluxo de veranistas e turistas, movimentando a economia da cidade.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s