Câmara de Osório cobra operação da ETE

wp-1484321539844.jpg

Vereador Martim Tressoldi e Rodrigo de Toledo (dir.), superintendente da Corsan

Ontem (12) o presidente da Câmara de Vereadores, Martim Tressoldi, esteve no escritório da Corsan, sendo recebido pelo superintendente regional, o engenheiro Rodrigo Toledo.

 Com o intuito de buscar resoluções e explicações para o não funcionamento da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) da Lagoa dos Barros, Tressoldi ouviu o relato do engenheiro.

 Segundo Toledo a obra, finalizada em 2011, recebeu em 2014 da Fepam – Fundação Estadual de Proteção Ambiental, sua Licença de Operação (LO), o que daria condições para seu funcionamento imediato. Porém, uma ação civil pública no Fórum de Santo Antônio da Patrulha, proposta pelo Ministério Público, emperrou o início do funcionamento.

A problemática envolveu grandes investimentos do poder público, referentes à canalização e construção da estação, além da preservação ambiental que também está em jogo. 

 “A Câmara será parceira nesta empreitada. Queremos junto  à Corsan e demais entidades somar forças para ativar o funcionamento da ETE de Osório”, frisa Tressoldi.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s