Controladoria alerta vereadores sobre crise da Prefeitura de Osório

Câmara foi alertada de cenário crítico

Câmara foi alertada de cenário crítico

A coordenadora da Controladoria-Geral do Município de Osório, Edna Miguel Teixeira, enviou ofício à Câmara alertando os vereadores a respeito do descumprimento da Lei de Responsabilidade Fiscal por parte da gestão do prefeito Eduardo Abrahão, pois os gastos com pessoal estão em cerca de 60% da receita corrente líquida, o que pode motivar sanções à administração municipal.
Segundo o relato da servidora, desde 2014 a Controladoria tem avisado o prefeito a respeito desta questão. Edna afirma que não está sendo conseguida a redução de despesas com pessoal. “Continuam sendo pagas horas-extras, permanecem contratações e concessão de regime suplementar, criação de cargos, o que poderá ser glosado pelo órgão de fiscalização”, explica.
“Isto poderá resultar em suspensão dos repasses voluntários das esferas federais e estaduais e aplicação das penalidades previstas ao gestor”, aponta a Controladoria-Geral.
O documento é assinado pela coordenadora e outros dois integrantes do órgão.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s