Pendenga judicial da ETE é debatida por vereadores osorienses

Ver. Beto Gueiê

Ver. Beto Gueiê

O vereador de Osório, Beto Gueiê (PDT), preocupado com a suspensão da licença de operação da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) da Lagoa dos Barros, formulou requerimento junto à Câmara Municipal solicitando uma reunião com o promotor de Justiça de Santo Antônio da patrulha visando esclarecer alguns pontos a respeito da ação civil pública. Este processo está emperrado no Fórum do município vizinho, aguardando desenlace que parece interminável para a comunidade, já que a ETE foi concluída há três anos e jamais utilizada.
Beto também tem uma minuta formulada que pretende encaminhar ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ), apontando o que seria excesso de prazo no julgamento desta ação, uma vez que ela encontra-se instruída e apta ao julgamento.
A questão foi abordada hoje na sessão do Legislativo. O líder do governo, Marcos Bolzan (PDT), lamentou que a situação tenha chegado a este ponto, pois houve grandes investimentos do poder público no saneamento da cidade, sem que a ETE tenha sido colocada em operação, comprometendo o meio ambiente do município.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s