Crise afeta Rodeio de Osório

Provas campeiras poderão ser mantidas em 2017

Alegando dificuldades financeiras, o prefeito de Osório, Eduardo Abrahão, decidiu que o Rodeio Crioulo Internacional será bienal, estando adiado para 2018. Em reunião com as entidades tradicionalistas, ele e o secretário de Desenvolvimento e Turismo, Rossano Teixeira, entraram em entendimento para que neste ano seja encontrada uma alternativa para a realização de um evento tradicionalista no Parque Jorge Dariva, com participação reduzida da Prefeitura.
No meio político a repercussão da decisão do Executivo foi imediata. Vereadores do PMDB questionaram o cancelamento do evento este ano, criticando a falta de planejamento da administração municipal. Na tribuna o vereador Martim Tressoldi (PSDB), presidente do Legislativo, chegou a dizer que o prefeito estava mal assessorado. O tucano ainda citou diversas obras que não chegaram a ser cumpridas, apesar do interesse de Eduardo Abrahão.
O assunto terá desdobramentos ao longo das próximas semanas. O certo é que a Prefeitura está sentindo muito a queda de receita e precisa concentrar recursos em áreas como educação e saúde, o que justificaria esta medida extrema. Apesar disto, as críticas já despencam sobre a Prefeitura.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s