Câmara Federal aprova terceirização

Dep. Paulo Pimenta e o pato

Agora à noite a Câmara aprovou texto-base que autoriza o trabalho terceirizado de forma irrestrita, para qualquer tipo de atividade. Conforme o site G1, os principais pontos do projeto são:
*A terceirização poderá ser aplicada a qualquer atividade da empresa. Por exemplo: uma escola poderá terceirizar faxineiros (atividade-meio) e professores (atividade-fim).
*O tempo de duração do trabalho temporário passa de até três meses para até 180 dias, consecutivos ou não.
*A empresa terceirizada será responsável por contratar, remunerar e dirigir os trabalhadores.
*A empresa contratante deverá garantir segurança, higiene e salubridade dos trabalhadores terceirizados.
*Após o término do contrato, o trabalhador só poderá prestar novamente o mesmo tipo de serviço à empresa após esperar três meses.
DEPUTADO LEVA PATO AO PLENÁRIO
O deputado federal Paulo Pimenta (PT) levou patos de borracha para o plenário, protestando contra a terceirização e fazendo uma alusão ao movimento, patrocinado pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), que levou à deposição da presidente Dilma Rousseff. Grandes patos inflados, colocados na frente da sede da Fiesp, foram a marca registrada dos protestos orquestrados contra o Governo Dilma.
“Quem está pagando o pato pelo golpe é o trabalhador. Vamos às ruas para a greve geral. Precisamos vencer o golpe”, afirmou Pimenta. O petista transmitiu a sessão ao vivo em sua página no Facebook.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s