Justiça Eleitoral absolve Cilon Silveira e Érico Jardim

Cilon Silveira e Érico Jardim (dir.)

Na Justiça Eleitoral de Capão da Canoa transcorreu processo envolvendo Cilon Silveira (PDT) e Érico Jardim (PP), reeleitos respectivamente prefeito e vice-prefeito de Xangri-Lá. A acusação pediu a cassação dos diplomas de ambos.
Uma denúncia foi apresentada pelo promotor Sávio Fagundes, contando com um vídeo envolvendo Érico durante a campanha eleitoral. A juíza Amita Barcellos Milleto considerou este vídeo uma prova ilícita. “Portanto, não havendo provas idôneas carreadas aos autos a fim de comprovar as alegações contidas na exordial, a improcedência do feito é medida imperativa”, decidiu a magistrada, em sentença publicada no dia 20 de março.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s