Ampliação de Presídio é rechaçada pelo prefeito Abrahão

Prefeito Eduardo Abrahão (PDT)

Hoje, em seu gabinete, o prefeito Eduardo Abrahão (PDT), concedeu entrevista coletiva onde demonstrou preocupação com a grande possibilidade de ampliação do Presídio Regional. A estrutura ganharia mais 600 vagas, em projeto que não chegou a ser detalhado. Abrahão teve reunião com a juíza Conceição Sampaio e a promotora Cristiane Corrales que revelaram esta intenção do Governo do Estado.
“Acho isto um absurdo. Vou convidar a comunidade para resistência à ampliação do Presídio Regional”, assinalou. A atual penitenciária está com 1.820 apenados, o que configura uma superlotação. O prefeito afirmou que está agindo pensando no futuro da comunidade. Segundo ele, aberta a nova unidade prisional, em breve estaria superlotada, com mais de três vezes a sua capacidade de ocupação. “Cada comarca deveria ter o seu presídio, o que seria uma divisão justa desta responsabilidade”, assinalou.
PDT EM ROTA DE COLISÃO COM PMDB
Esta entrevista de Abrahão coincide com os entrechoques do PDT estadual com o Governo Sartori. Está aberta a temporada de posicionamentos políticos visando 2018. Mesmo assim, o prefeito não descarta reuniões com os vereadores do PMDB, deputado Alceu Moreira e o secretário Cezar Schirmer, buscando reverter o novo projeto prisional para Osório.
Abrahão tenta ainda manter a Delegacia Regional de Polícia na cidade, já que há tratativas para levá-la para Capão da Canoa. São questões que se movem no tabuleiro da política, pois ano que vem haverá eleições.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s