Dívida ativa, quem precisa disto?

Burocracia e acomodação levam a somas absurdas

Entre os cinco maiores devedores do fisco municipal em Osório aparecem três gigantes da economia mundial: Mercedes Benz, Fiat e General Motors. Em terceiro lugar está a Bolognesi Engenharia que quer o perdão de dívidas remanescentes de IPTU. A lista segue, despontando os poderosos bancos Itaú e Bradesco e seus respectivos setores de leasing.
O Brasil possui um sistema tributário intrincado, cuja sistemática é recheada de meandro judiciais e cartoriais que acabam por enrolar o poder público. O resultado é este, com os governos se desdobrando para honrar seus compromissos, enquanto as dívidas se avolumam nos arquivos da Secretaria da Fazenda.
Observem que a própria Prefeitura de Osório é devedora de mais de R$ 600 mil, algo que deveria servir no mínimo de alerta em plena crise da queda de arrecadação.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s