Orçamento do IFRS está estrangulado

Reitor Osvaldo C. Pinto

O reitor do Instituto Federal do Rio Grande do Sul, Osvaldo Casares Pinto, mostrou o quadro difícil por que passa a instituição em razão dos cortes de custeio e investimento, atingindo diretamente suas atividades. “Este é o pior orçamento da nossa história. Estamos escolhendo a quais fornecedores pagar”, apontou. “Hoje atingimos o limite do estrangulamento”.
O seminário sobre a educação regional, ocorrido ontem no campus osoriense do IFRS, teve forte conotação política, em razão das muitas críticas ao Governo Temer. “O Governo Temer já deveria ter caído”, assinalou o prefeito Eduardo Abrahão (PDT). Estava presente também o deputado estadual Nelsinho Metalúrgico (PT), presidente da Frente Parlamentar em Defesa dos Institutos Federais na Assembleia Legislativa.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s