Marcado: Atlântida Sul

Câmara de Osório debate remissão fiscal à Bolognesi

Hélio Bogado

Hoje à noite a Câmara Municipal de Osório volta a discutir a questão da remissão da dívida da empresa Bolognesi, no distrito de Atlântida Sul. Há setores da comunidade contrários a esta projeto, pois não enxergam vantagens para o município, assim como questionam o que seria um privilégio a esta empresa do ramo imobiliário.

O morador de Atlântida Sul, Hélio Bogado, fará uso da tribuna livre do Legislativo , enfocando este assunto, mas naturalmente abordando também outros temas referentes ao balneário, como o saneamento, saúde e educação.

Anúncios

Atlântida Sul reivindica construção de ginásio

Vereador reunido com moradores do distrito osoriense

No último sábado (18),o vereador Ed Moraes (PMDB) realizou o primeiro Gabinete Itinerante deste ano, ocorrendo no distrito de Atlântida Sul, onde ouviu as reivindicações de diversos moradores, entre as quais a construção de um ginásio municipal e a restrição de veículos na faixa de praia. No próximo dia 8 o gabinete do vereador irá se instalar em Passinhos.
O vereador Ed é autor de projeto de lei que obriga a instalação de banheiros químicos adaptados para uso de pessoas deficientes ou com mobilidade reduzida em eventos públicos e feiras realizados em Osório. O projeto foi aprovado por unanimidade no Legislativo.

Conselho do MP mantém ação civil pública em Osório

No dia 7 de março o Conselho Superior do Ministério Público esteve reunido, em sua sede em Porto Alegre, tendo acolhido recurso apresentado por Hélio Bogado, morador do balneário de Atlântida Sul, a favor do retorno de ação civil pública que enfoca a destinação de vagas em escolas para as crianças que integram as famílias de áreas invadidas. O promotor havia proposto o arquivamento da ação, no que não logrou êxito.
Atlântida Sul é o distrito praiano de Osório e nos últimos anos vem sentindo os efeitos do aumento da sua população, parte em decorrência de invasões de áreas particulares. Isto está gerando demandas na saúde e educação.
O ajuizamento da ação civil pública vem para prover um direito constitucional das comunidades, em especial das crianças que não têm culpa da falta de recursos de suas famílias que vivem em situação precária em Atlântida Sul.

Atlântida Sul debate saneamento básico

Reunião teve presença da Prefeitura e vereadores

Reunião teve presença da Prefeitura e vereadores

No dia 22, uma reunião em Atlântida Sul serviu para expor um grave problema deste distrito de Osório: o tratamento de esgoto. Compareceram vereadores, Executivo Municipal, Corsan, moradores, lideranças comunitárias e a Bolognesi. Esta empresa do ramo imobiliário firmou compromisso com a Justiça de destinar recursos para a construção de uma estação de tratamento de esgoto, o que até agora não se concretizou.
Foi formada uma comissão para dar os encaminhamentos necessários nesta pauta. O secretário de Meio Ambiente, Carlos Augusto Fontoura, moradores e veranistas farão parte desta comissão. O presidente do Legislativo, Martim Tressoldi (PSDB), informou que indicará um vereador para participar deste grupo.

Prefeitura de Osório troca subprefeito de Atlântida Sul

Vagner Gonçalves

Vagner Gonçalves

O prefeito Eduardo Abrahão (PDT) decidiu mudar a direção do distrito de Atlântida Sul. Deixou o cargo Altivo Rosa dos Reis, assumindo em seu lugar Vagner Gonçalves.
Altivo é um integrante histórico do Partido Progressista (PP) de Osório, desde o tempo em que a sigla se chamava PDS. Ficou um tanto insatisfeito com sua saída do Executivo, chegando a ameaçar deixar o PP. Panos quentes nesta questão deverão ser colocados por Eduardo Renda (PP), hoje prefeito em exercício devido às férias de Abrahão.
Vagner é um dos vice-presidentes do PDT local e está procurando fazer frente a todas as demandas que surgem ao longo do veraneio. “Esperamos estar mais preparados para a próxima temporada”, afirma.

Atlântida Sul sofre com falta de saneamento

Apesar da poluição, população vai à praia

Apesar da poluição, população vai à praia

Indecisões, lentos trâmites burocráticos e falta de planejamento do setor público levaram à poluição da orla marítima de Atlântida Sul, balneário pertencente a Osório.
No Ministério Público houve pactuação de acordos visando encerrar a novela do esgoto na localidade, mas a empresa Bolognesi, a Prefeitura de Osório e a Corsan não realizaram ações definitivas. Está planejada uma Estação de Tratamento de Esgoto em Imbé que iria tratar o esgoto vindo de Atlântida Sul. A obra está longe do fim. Enquanto isto, pessoas tomam banho em águas consideradas impróprias pela Fepam. Perde pontos o balneário osoriense, o único da orla oceânica do Litoral Norte, por enquanto, a ser considerado poluído nesta temporada.

Fepam constata poluição em Atlântida Sul

Em seu relatório a Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam) considerou Atlântida Sul o primeiro balneário marítimo do Litoral Norte impróprio para banho nesta temporada. Ela aponta o aumento populacional, o grande volume de chuvas e a falta de esgotamento sanitário em parte da localidade como as causas.

As gestões muito políticas e pouco técnicas do setor ambiental de Osório levaram a isto. Está na hora de remodelagem desta área da administração municipal, visando evitar falhas e omissões. 🐟🐊🐸🐤🐡