Marcado: BR 101

Audiência pública discutirá pedágio na BR 101

As audiências públicas propostas pelo deputado Alceu Moreira para discutir o programa de concessão de rodovias do governo serão na quarta-feira, 22, em Montenegro (RS), e na sexta-feira, 24, em São João do Sul (SC), cidade a menos de dez quilômetros de Torres. A confirmação ocorreu pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).
Pelo projeto original das concessões, os municípios têm a previsão de instalação de pedágios em seus territórios, na BR 386 e BR 101, respectivamente. Em Montenegro, o local será o Clube Riograndense, com capacidade para 450 pessoas, e em São João do Sul, na Sociedade Esportiva, para 600 presentes. Na cidade catarinense a audiência começará às 14 horas.

CNT avalia rodovias gaúchas

BR 101 em Osório

BR 101 em Osório

A Confederação Nacional do Transporte (CNT) realizou levantamento da situação das rodovias gaúchas, constatando que 59,8% não apresentam bom pavimento.
A BR 101, entre Osório e Torres, foi considerada uma rodovia em boa situação. No entanto, no trecho entre Três Cachoeiras e Terra de Areia há muitos problemas no leito da pista, como fissuras, buracos e depressões. Em Terra de Areia o DNIT possui um posto de pesagem que encontra-se desativado, o que motiva a sobrecarga dos caminhões e carretas. O excesso de peso destes veículos causa danos à pista, sendo aguçados pelas frequentes chuvas.
A BR 101 precisa começar a passar por reparos, antes que ingresse na lista de rodovias ruins do Rio Grande do Sul.

BR 101 precisa de reparos

BR 101 em Terra de Areia

BR 101 em Terra de Areia

Hoje circulei pela BR 101 entre Torres e Osório, verificando vários pontos onde o leito da via apresenta problemas. Há buracos, rachaduras e depressões, o que é resultado do excesso de carga dos caminhões e carretas e das muitas chuvas na região.
O pior trecho, sem dúvida, é entre Três Cachoeiras e Terra de Areia. Nesta cidade há um posto de pesagem de veículos, mas encontra-se desativado.
Em Maquiné, perto do Túnel do Morro Alto, vi vários veículos e equipamentos de uma empresa que cuida do asfaltamento da rodovia. Está na hora de agilizar a manutenção da 101, pois falta pouco tempo para o fim de ano e a temporada de veraneio.

Prefeituras realizam protesto

movimento do boloA crise financeira enfrentada pela União e pelo Estado também impacta nos municípios. Em 2015 as prefeituras deixarão de receber R$ 776 milhões, mas os custos da energia elétrica, dos serviços gerais e dos combustíveis continuam aumentando.
A Prefeitura de Osório vai parar amanhã (25), no horário das 8h às 10h. A decisão faz parte da proposta da Associação das Prefeituras do Litoral Norte (Amlinorte), em protesto contra a União, reivindicando divisão justa do bolo tributário. Segundo a associação, hoje de cada R$ 100 produzidos nos municípios, apenas R$ 18 ficam com as prefeituras. A maior parte vai para a União e Estados.
Os serviços de educação, transporte escolar, merenda escolar, saúde, limpeza urbana e vigilância patrimonial funcionarão normalmente.
BLOQUEIO DA BR 101
Para amanhã a Amlinorte organizou um bloqueio da BR 101, com começo às 15 horas, na altura do Doces Maquiné, em Osório. A recomendação da Polícia Rodoviária Federal é de que, em caso de chuva forte, a manifestação não seja realizada, por razões de segurança.

Prefeitos do Litoral Norte confirmam bloqueio da BR 101

Prefeitos ouviram PRF

Prefeitos ouviram PRF

Hoje pela manhã, na Associação dos Municípios do Litoral Norte (Amlinorte), os prefeitos decidiram realizar bloqueio da BR 101 na altura do Doces Maquiné, em Osório, nesta sexta-feira (25), às 15 horas. Estava presente a Polícia Rodoviária Federal que recomendou o adiamento do protesto, caso chova forte, por razões de segurança.
Os prefeitos querem uma melhor divisão do bolo tributário, pois as administrações municipais atravessam dificuldades financeiras, em razão dos cancelamentos e atrasos de repasses do Estado e União. As câmaras municipais da região serão convidadas a participar da manifestação.

Deputado quer União pagando iluminação de rodovias federais

Dep. Alceu Moreira

Dep. Alceu Moreira

A Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que repassa para a União a responsabilidade pelo custo da iluminação das rodovias federais foi protocolada pelo deputado federal Alceu Moreira (PMDB) nesta semana (PEC 133/2105). Segundo o autor, “são milhões investidos para construir estradas e instalar luminárias, mas não há previsão de como pagar a conta de luz, um valor muito elevado a ser arcado pelos municípios”.
Vítimas e custo
Nos últimos quatro anos foram 21 vítimas fatais por atropelamento em áreas sem iluminação apenas nos 87 quilômetros da BR 101 entre Osório e Torres. No caso de Terra de Areia, por exemplo, onde ocorreu a última fatalidade, semana passada, o custo do pagamento da luz passaria de R$ 19 mil por mês para R$ 54 mil. Ou seja, uma elevação muito grande para municípios pequenos, o que acaba fazendo com que esses trechos fiquem às escuras.
FONTE: Site do dep. Alceu Moreira

Carreta pega fogo na BR 101


Recebemos vídeo do policial rodoviário Isaldo Rosa de um incêndio em carreta carregada de combustíveis. O acidente aconteceu agora à tarde, em frente ao posto da Polícia Rodoviária Federal na BR 101, em Torres. Um carro bateu na traseira da carreta, o que causou o incêndio.