Marcado: Drogas

Drogadição no skatepark preocupa Câmara de Osório


Na sessão desta segunda-feira (15) vereadores abordaram o uso de entorpecentes na pista de skate, recentemente inaugurada. Reuniões deverão ocorrer para ser melhorada a vigilância no local. É cobrada uma ação mais efetiva da Brigada Militar e administração municipal.

Anúncios

Polícia estoura ponto de tráfico no Primavera

A uma hora da madrugada de hoje policiais civis e militares realizaram forte operação contra o tráfico de drogas em Osório. Numa casa localizada na rua Arlindo Pereira, no bairro Primavera, identificada como ponto de traficância, foram apreendidas 767 pedras de crack e um quilo de maconha.
A casa era um reduto do tráfico no bairro e imediações e movimentava grande quantia de dinheiro. Foram apreendidos R$ 931, boa parte em moedas. Os usuários também usavam o telefone para encomendar a droga. Foram presos um adolescente e dois adultos. O chefe da “boca” conseguiu escapar do cerco dos policiais.

Escola aborda a drogadição na adolescência

A Escola Major João Antônio Marques, de Xangri-Lá, promoveu um circuito de palestras e atividades sobre drogadição na adolescência. Os alunos das séries finais do ensino fundamental foram contemplados. O principal objetivo do trabalho foi informar e alertar os estudantes sobre os riscos do uso de drogas.
Os estudantes assistiram o filme “Meu nome não é Johnny”, seguido de conversa informal entre alunos e professores. No mesmo ciclo, a psicóloga Carine Ferreira fez explanação sobre o tema e interagiu com os alunos. O tenente da Brigada Militar, Carlos Ouriques, fez uma palestra. Os jovens também assistiram a depoimentos de ex-usuários de drogas, vindos da Comunidade Terapêutica de Capão da Canoa. Encerrando as atividades, os alunos participaram de uma gincana. Todo o ciclo teve realização no final de agosto.
Foto: Marcelo Nitschke (Pref. de Xangri-Lá)

Merla é apreendida na Operação Quimera

Além da apreensão de crack, cocaína e maconha, foram recolhidos pela Polícia durante a Operação Quimera, realizada em Osório, 251 gramas de merla, droga aparentemente pouco consumida na região. Segundo a Wikipédia, “a merla é um produto grosseiro, obtido das primeiras fases de separação da cocaína, a partir do processamento das folhas da planta. Tem uma consistência pastosa, cheiro forte e apresenta uma tonalidade que varia do amarelado até o marrom de acordo com o produtor. Embora menos potente, tem efeitos destrutivos parecidos ou até maiores que os do crack. Sua capacidade de causar dependência física e psicológica é muito grande e a abstinência costuma ser extremamente dificultosa. A merla pode ser fumada sozinha ou adicionada a cigarros de tabaco ou de maconha. Em sua formulação, é adicionada uma quantidade significativa de solventes, como o ácido sulfúrico (ácido de bateria), o querosene, a cal virgem etc. Seu efeito começa muito rapidamente em virtude da forma de uso e da capacidade do pulmão de absorver a droga. Com o uso contínuo, os efeitos são queda dos dentes, depressão, fibrose, alucinações, dificuldade de respiração, coma e óbito“.

Professores recebem capacitação para combate à drogadição

Em Osório a volta às aulas na rede pública estadual e municipal de ensino acontece no próximo dia 28. Entre os preparativos para o retorno às salas de aulas, professores, representantes de Círculos de Pais e Mestres, agentes de saúde e representantes de vários setores da sociedade participaram hoje (21) do II Seminário de Capacitação na Área de Prevenção ao Uso Indevido de Drogas, na Câmara de Vereadores.
A capacitação vai ocorrer até o dia 23 de fevereiro, com palestras sobre vários temas como “Família e as drogas no dia de hoje”, “Justiça Restaurativa”, “A Família e a Escola”, entre outros, além de depoimento de ex-usuários e oficinas. A abertura do evento contou com a presença de autoridades municipais e estaduais.
O prefeito de Osório, Romildo Bolzan Júnior, afirmou que muitos dos crimes ocorridos no município têm ligação com as drogas. “Grande parte dos delitos na nossa cidade, mais da metade, estão envolvidos com drogas. Nesse momento quando se faz uma iniciativa dessas, é fundamental para encaminhar uma nova conscientização para essa gurizada. Qualificar agentes públicos é fundamental”, disse o prefeito.
O secretário estadual da Saúde, Ciro Simoni, destacou a importância da união dos setores para combater o problema das drogas. “Pretendemos investir fortemente no tratamento dos usuários e na sua reinserção. Aqui se prepara a ação mais importante, vocês professores são os vetores que vão espalhar na comunidade os temas dessa capacitação”, disse Ciro aos participantes da capacitação.

Polícia combate tráfico de drogas no Litoral

Hoje foi desencadeada grande operação envolvendo a Polícia Civil, Brigada Militar e Polícia Rodoviária Federal visando combater o tráfico de entorpecentes no Litoral Norte. As ações se desenvolveram em Tramandaí e Capão da Canoa, cidades onde a situação está mais crítica.
A operação é comandada por um policial civil, o delegado regional Jorge Melgar. Um dos pontos onde a atuação se intensificou foi no preocupante bairro São Francisco, em Tramandaí, onde já aconteceram muitos homicídios em razão do consumo e comercialização de narcóticos, principalmente o crack.

“Formigona” do tráfico é presa em Osório

Uma mulher de 47 anos foi presa ontem pela Brigada Militar, às 21h15min, na Rodoviária de Osório. Ela estava na linha Porto Alegre-Mariluz, tendo em seu poder 401 gramas de cocaína, R$ 3 mil e dois cheques.
Trata-se do chamado “tráfico formiga”, usando meios de transporte comuns e levando quantidades relativamente pequenas. Neste caso trata-se de uma “formigona” do tráfico de cocaína, pois foi apreendido quase meio quilo da droga. A traficante foi presa em flagrante e encaminhada ao presídio.