Marcado: Educação

Cortes de gastos na educação são criticados no IFRS

Setor educacional reclamou do corte de gastos

Hoje aconteceu seminário sobre a educação no Litoral Norte no auditório do Instituto Federal do Rio Grande do Sul (IFRS), contando com a presença de dirigentes da área educacional e deputados. O depoimento mais forte foi feito pela deputada federal Maria do Rosário (PT) que criticou duramente o Governo Temer.
Ela defendeu a realização de eleições diretas já para presidente, apontando como necessária a volta dos grandes investimentos no setor educacional, realizados pelos governos Lula e Dilma. “Eu quero um país que tenha desenvolvimento tecnológico e científico”, afirmou. “O Brasil precisa ter conhecimento para soberania”.

Dep. Maria do Rosário

Também estiveram presentes e fizeram pronunciamentos o presidente da Assembleia Legislativa, Edegar Pretto; o prefeito Eduardo Abrahão e o presidente da Câmara de Osório, vereador Martim Tressoldi.
A reitoria do IFRS reclamou dos cortes de gastos, atingindo 30% do custeio da instituição. O campus de Osório está sentindo os efeitos das medidas do governo federal. “Enquanto isto o Governo Temer compra apoio de parlamentares com distribuição de emendas”, disparou Maria do Rosário.

Obras das escolas Rural e Cônego Pedro devem ser licitadas até dezembro

Escolas foram visitadas pelos peemedebistas

Na última semana, a assessoria do deputado federal Alceu Moreira (PMDB), representado pelo assessor Alexandre Abreu, acompanhado dos vereadores Roger Caputi e Charlon Muller e da assessoria do deputado estadual Gabriel Souza visitaram as escolas Ildefonso Simões Lopes (Rural) e Cônego Pedro Jacobs.
Eles estiveram reunidos com as diretoras das escolas Angelita Rocha (Rural) e Gicela Ramos (Cônego Pedro Jacobs). Foi anunciado que a licitação das obras deve ocorrer até o final do ano. A expectativa é que o início das obras ocorram no início de 2018. Na escola Rural, o recurso de R$ 250 mil destinado pelo deputado Alceu Moreira será para o fechamento e construção de vestiários na quadra coberta. Na escola Cônego Pedro Jacobs o recurso de R$ 330 mil será para construção de uma quadra coberta. Todas as etapas das obras estão sendo cumpridas pelo Governo do Estado.

Escolas do Litoral Norte receberão R$ 1 milhão para reformas

Escola Arthur da Costa e Silva será contemplada

O Governo do Estado iniciará na segunda-feira (26), o repasse de cerca de R$ 1 milhão para reformas e pequenas ampliações em sete escolas do Litoral Norte, beneficiando diretamente mais de 2,5 mil alunos. A viabilização do recurso foi possível graças ao esforço e articulação conjunta dos deputados Gabriel Souza e Alceu Moreira que, mais de uma vez, levaram as demandas das instituições para a Secretaria Estadual de Educação.
Segundo o deputado Gabriel, esses investimentos são imprescindíveis para que o Rio Grande do Sul volte a ter uma posição de destaque na área educacional do país.
Entre as escolas contempladas estão a Santa Terezinha, de Maquiné; Gregória Mendonça e Felisberto Luiz de Oliveira, de Santo Antonio da Patrulha; Erica Marques, de Terra de Areia; Arthur da Costa e Silva, de Capivari do Sul; Padre Simão Moser, de Mostardas, e Pedro Nicolau Krás Borges, de Torres.
Ao todo, o governo do Estado repassará R$ 40,5 milhões para reformas em 301 escolas. A expectativa é de que até o final de 2018 sejam entregues mais de 600 escolas reformadas em todo o Rio Grande do Sul.

Escolas de Imbé são premiadas pela Unesco

Projeto premiado da Escola Jardelino Peroni

Imbé recebeu na segunda-feira (19) carta da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (Unesco), informando que mais três escolas receberão certificado do Programa Escolas Associadas da Unesco: Escola Manoel Mendes, Escola Peixinho Dourado e Escola Jardelino Peroni.
Foram premiados os projetos “Participando por Amor”, da Manoel Mendes; “Pensar, comer, reciclar”, da Jardelino Peroni, e “Meu Mundinho”, da Peixinho Dourado.
A secretária de Educação de Imbé é Joselaine Cardoso que comemora mais este reconhecimento à administração do prefeito Pierre Emerim.

Alunas do IFRS participarão de evento nos EUA

Maria Eduarda (à esq.) e Juliana (à dir.) exibem suas descobertas com a orientadora das pesquisas, professora Flávia Twardowski (ao centro)

A estudante Juliana Davóglio Estradioto, do 3° ano do curso Técnico em Administração Integrado ao Ensino Médio do Campus Osório, do Instituto Federal do Rio Grande do Sul (IFRS), e a egressa Maria Eduarda Santos de Almeida, formada no mesmo curso, fazem parte da delegação que representa o Brasil na Intel ISEF (International Science and Engineering Fair), maior evento de ciência e engenharia pré-universitária do mundo, que acontece em Los Angeles, nos Estados Unidos, de 14 a 19 de maio de 2017. Elas apresentam suas pesquisas mostrando que é possível solucionar grandes problemas ambientais de formas bem simples.
Juliana apresentará o trabalho “Transformação dos resíduos agroindustriais do maracujá em filmes plásticos biodegradáveis”. Já Maria Eduarda enfocará o tema “BioPatriam: Preservação da biodiversidade através de planta nativa brasileira”.

Nova Escola Ângelo Guasselli é inaugurada em Osório

Descerramento da placa da escola ampliada

Em clima de alegria e emoção foi entregou à comunidade do Engenho da Serra a obra da nova Escola Municipal Ângelo Gabriel Boff Guasselli no final da tarde desta terça-feira (2).
O prefeito Eduardo Abrahão, acompanhado da primeira-dama Soraia Abrahão, vice-prefeito Eduardo Renda; presidente da Câmara, vereador Martim Tressoldi, entre outros, compartilharam o momento especial com a diretora Elizabete Panni, o subprefeito Joanito Borges, os 77 alunos, profissionais da Escola e pais.
Em sua fala o prefeito Eduardo Abrahão agradeceu a presença do público e destacou que hoje foi dado um passo importante em relação ao futuro das crianças da comunidade.

Osório: UERGS terá reunião com prefeito e vereadores

A Uergs em Osório possui os cursos de Biologia Marinha e Pedagogia e dois cursos de pós-graduação, um de Atendimento Educacional Especializado e outro de Gestão Ambiental. Terá também o Mestrado em Educação que inicia suas atividades em agosto. O campus funciona na antiga Escola Osvaldo Amaral, cedida pela administração municipal.
Nesta sexta-feira a direção do campus da Uergs irá se reunir com o prefeito Eduardo Abrahão e vereadores. Seu objetivo é prorrogar o prazo de ocupação das atuais instalações e também o prazo de posse da área projetada para o futuro campus a ser construído no bairro Albatroz, perto da Estrada do Mar.
O Executivo Municipal está enfrentando dificuldades financeiras, o que inviabiliza investimentos de maior porte como a construção deste campus. Por sua vez, a Uergs quer um prazo maior de uso das áreas ao seu dispor, de no mínimo 30 anos, sendo uma garantia para que possa ser feito um investimento pelo Governo do Estado ou União, sem depender de recursos municipais.