Marcado: Litoral gaúcho

Porto no Litoral Norte, promessa dos aventureiros da política

Até hoje a construção de um porto no Litoral Norte do RS não passa de um projeto vago, baseado no corolário de promessas dos muitos políticos que procuram ser a sensação por estas bandas, atrás de votos e prestígio.
Torres, Tramandaí e Palmares do Sul já foram citados como possíveis sedes de um moderno porto. Este último município ganharia um porto na Lagoa dos Patos e os outros dois junto a molhes que avançariam no Oceano Atlântico.
Logo que me deparo com este tipo de promessa, vejo o descompasso entre o desenvolvimento regional e o que ocorre nos gabinetes de órgãos públicos que pouco fazem pelo Litoral Gaúcho. Parece areia demais para o pequeno caminhão que movimenta a economia das cidades da região.
É evidente que um porto marítimo tem maior futuro, mas nada impede que um porto na Lagoa dos Patos, de pequeno porte, venha a ajudar a agricultura e o comércio. Mas e se fossem construídas marinas voltadas ao turismo, o foco na preservação ambiental e no desenvolvimento turístico não seriam reforçados?
Quando assuntos de vital importância ficam por contas de políticos, a base da discussão se deteriora e vem a demagogia do oportunista. As lideranças locais precisam ser mais ativas, não apenas o prefeito e vereadores, pois estes mandatários procuram incentivar o projeto com fins políticos, contando com o deputado, o ministro, o secretário de seu partido.
Assim como o inferno está cheio de boas intenções, deve o povo do Litoral desconfiar quando surge mais um projeto ou promessa de construção de porto. Mas que coincidência, a campanha eleitoral já começou e os candidatos estão aportando e desembarcando por aqui. Quem paga este frete todo?

Anúncios

IPTU de Tramandaí poderá ser parcelado em dez vezes

Pref. Gauto

O prefeito de Tramandaí, Luiz Carlos Gauto (PP), irá assinar em breve o decreto que aumentará de seis para dez parcelas o pagamento do Imposto Predial e Territorial Urbana (IPTU). A medida entrará em vigor em janeiro de 2019.
Os moradores e veranistas poderão fazer o pagamento à vista em janeiro com 10% de desconto ou em fevereiro com 5% de desconto. Em março inicia o pagamento que poderá ser feito em até 10 vezes.
Gauto também destaca que não haverá aumento no valor do imposto e da taxa de recolhimento de lixo. “Analisamos a situação da economia nacional e sentimos a necessidade de aumentar o tempo para o pagamento do IPTU. Não vamos corrigir o imposto de acordo com a inflação, nem da taxa de recolhimento de lixo. Iremos permanecer com os mesmos valores”, frisa.

Prefeito Lang recorre ao BRDE para melhorar infraestrutura

Pref. Paulo Lang

Enquanto a oposição esperneia procurando a cassação do prefeito de Palmares do Sul, Paulo Lang (PT) procura driblar o aperto orçamentário e a queda de arrecadação recorrendo ao BRDE numa operação bastante vantajosa para o Executivo.
Lang encaminhou à Câmara projeto de lei que pede autorização para realizar uma operação de crédito com o BRDE no valor de R$ 3,5 milhões, ou seja, um financiamento para obras de infraestrutura que será pago pelo município em dez anos sem comprometer suas finanças.
Uma das metas é terminar com as inundações na rua Antonio Machado e Avenida Palmares. Os investimentos incluem a rua Catalunha, na localidade de Frei Sebastião, e Avenida Esparta, em Quintão.
O projeto será votado pelo Legislativo. “Sem fazer este empréstimo a administração municipal não tem capacidade para realizar investimento deste porte. Não estamos endividando Palmares do Sul”, ressalta o prefeito.

Saúde de Tramandaí recebe três novos veículos

Vice Corso, sec. Saltiel e pref. Gauto (esq. p/ dir.)

A Prefeitura de Tramandaí adquiriu três novos veículos para a Secretaria Municipal de Saúde. A entrega oficial ocorreu nesta manhã de segunda-feira (13). O prefeito Luiz Carlos Gauto (PP) entregou as chaves dos automóveis Fiat Uno para o secretário de Saúde Luciano Saltiel.
Eles foram obtidos através de emendas dos deputados Pompeo de Mattos (PDT), Afonso Motta (PDT) e Maria do Rosário (PT).
O prefeito Gauto destacou que esses veículos darão o apoio necessário aos postos de saúde. “São ações desse tipo que vão melhorar o atendimento da nossa comunidade, das pessoas que necessitam de veículos para ações da saúde no município. Essa é mais uma conquista de Tramandaí”, comemorou.
“Com a chegada desses veículos vamos conseguir dar um apoio mais próximo das necessidades da nossa população”, avaliou Saltiel.

Qual é o futuro do Hospital?

Integrantes do IAHCS conversam com prefeito

Recém foi decidida a manutenção da intervenção da administração municipal de Osório no Hospital e seus dirigentes e o prefeito se reuniram na última sexta-feira (10) com o Instituto de Administração Hospitalar (IAHCS) para este tratar de uma possível gestão do São Vicente.
Não queremos desmerecer reuniões e negociações deste tipo, muito pelo contrário. O problema é a procrastinação e a falta de decisões definitivas, afinal a dívida do Hospital é muito grande e ele não conta com traumatologia, UTI e outros serviços essenciais para a população de Osório e região. Mais uma vez pergunto: onde estão os líderes realmente proativos da comunidade?

Ex-prefeito de Terra de Areia deverá ressarcir R$ 279 mil aos cofres públicos

Joelci Jacobs

Em sessão da 1º câmara do dia 24 de julho, o Tribunal de Contas do Estado (TCE-RS) considerou regulares, com ressalvas, as contas de gestão do exercício de 2016 do ex-prefeito de Terra de Areia, Joelci da Rosa Jacobs. A decisão não é definitiva, cabendo recursos ao Órgão de Controle a partir da publicação no Diário Eletrônico do Tribunal.
Acolhendo o voto do relator do processo, conselheiro Estilac Xavier, o TCE-RS fixou débito de R$ R$ 279.491,31 ao ex-gestor, devido ao pagamento de juros por atrasos de faturas da empresa Banrisul Serviços Ltda., e pelas despesas sem correlação com o objeto de parceria com Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP) para o desenvolvimento de ações complementares e serviços de suporte aos programas Pronto Atendimento, Infância Melhor, Estratégia de Saúde da Família, SAMU/SALVAR e Ações de Serviço de Saúde.
O Tribunal de Contas também impôs multa no valor de R$ 1 mil reais ao ex-prefeito por inobservância às normas constitucionais e legais reguladoras da gestão administrativa, e advertiu o atual administrador municipal para que corrija e evite a reincidência das irregularidades relacionadas a termo de parceria com OSCIP para o desenvolvimento de ações e serviços de saúde, e à contratação de pessoal sem processo seletivo. Além disso, as medidas implementadas para a correção dos apontes serão verificadas em futura auditoria.
FONTE: TCE-RS

Prefeitura de Tramandaí busca beneficiar Hospital local

Prefeito Gauto reuniu-se com gestores do Hospital

O prefeito de Tramandaí, Luiz Carlos Gauto (PP), participou na última terça-feira (7) de uma reunião com o diretor da Fundação Hospitalar Getúlio Vargas, Gilberto Barichello. Esta entidade administra o Hospital de Tramandaí, onde ocorreu o encontro.
Uma das principais pautas abordadas foi o repasse no valor de R$ 1,35 milhão da Prefeitura para a instituição de saúde. Este montante faz parte da dívida que o Governo Estado tem com o Município de Tramandaí. A administração municipal abriu mão de parte do valor total visando beneficiar o Hospital.
Tratativas semelhantes estão ocorrendo em Osório, procurando beneficiar o Hospital São Vicente de Paulo cuja situação financeira é bem pior que a do Hospital de Tramandaí. Só que em Osório, devido à rivalidade entre PDT e MDB, o apoio ao São Vicente ainda está pendente. Espera-se que haja bom senso e a comunidade não fique ainda mais prejudicada.