Marcado: Osório

Câmara de Osório busca UTI para Hospital

As bancadas do PSDB, PMDB e PDT da Câmara de Osório estão se mobilizando para buscar recursos voltados à implantação e manutenção de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no Hospital São Vicente de Paulo.
Serão enviados ofícios aos deputados federais Alceu Moreira, Pompeo de Mattos, Afonso Motta e Yeda Crusius e também ao ministro da Saúde, Ricardo Barros, e ao presidente Michel Temer.
No documento os vereadores solicitam auxílio financeiro de R$ 2 milhões, informando que o Hospital encontra-se sob intervenção do Município e vem buscando recursos com o intuito de se credenciar junto ao Ministério da Saúde e à Secretária Estadual da Saúde para dispor de dez leitos de UTI.
QUALIFICAÇÃO DA GESTÃO
A campanha é meritória, no entanto a maior conquista para Osório seria uma profissionalização completa do São Vicente, contando com uma entidade especializada para gerenciar diversos setores, entre os quais a essencial UTI.
A informação que me chega é de que o Hospital já tem toda a aparelhagem para a implantação de leitos de UTI e estão ocorrendo reuniões com a Coordenadoria Regional da Saúde para obtenção de alvará sanitário.
No entanto, todas estas ações poderão ser inúteis caso não haja sustentação gerencial e financeira do setor de UTI. O Hospital já foi alvo de muitas jogadas políticas e de marketing, sendo mantido modelo ultrapassado e deficitário. Esperamos que esta ação tenha embasamento, pois quem mais sofre com a falta de recursos e equipamentos é a comunidade.

Anúncios

Crise hospitalar desafia Prefeitura de Osório

Hospital de Osório

Dentro de cerca de 60 dias a Prefeitura de Osório deve começar a finalizar sua intervenção no Hospital São Vicente de Paulo. Trata-se de uma questão nada simples, pois há interesse da antiga mantenedora de retornar à direção da entidade, o que de cara enfrenta fortes resistências na comunidade. Basta ver algumas publicações nas redes sociais.
A batata quente está com o prefeito Eduardo Abrahão. Evidente que há relações políticas históricas entre a administração municipal e o Hospital. Só que o momento é outro e há setores que querem ver o São Vicente rumando para uma gestão diferenciada, escapando da falta de recursos e equipamentos, algo que a gestão filantrópica, subvencionada com recursos públicos, não conseguiu reverter. A crise foi fortíssima e o Executivo Municipal teve que intervir, a pedido da desesperada mantenedora.

Prefeito Abrahão recebe comitiva do Internacional

Colorados conheceram o Jogue Limpo com Osório

No final da tarde de sexta-feira (17), o prefeito Eduardo Abrahão recebeu em seu gabinete ex-jogadores do Internacional, como Índio, Aloísio, Airton, Pinga e Amarildo.
A comitiva, formada também por familiares e integrantes do Consulado local, dialogou com o prefeito, ouviu explicações sobre o Jogue Limpo com Osório, programa de conscientização que visa o descarte correto do lixo e cuidados ambientais.
A comitiva colorada veio à cidade para participar da festa Consular de Osório que está ocorrendo no Salão Colombo Zé da Cachaça.

Educação é dirigida por interina

Carla Gräbin

Desde o dia 6 Carla Gräbin está atuando como secretário de Educação interina de Osório, em razão do afastamento da titular Lourdes Helena. A pedetista está acompanhando seu marido que encontra-se em tratamento médico. Carla fica como secretário até esta sexta-feira (17). Ela é filiada ao PSDB.
Desde segunda-feira (13) a Secretaria Municipal de Educação está realizando a I Semana Pedagógica que segue até esta sexta-feira no auditório principal do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul.

Hélio Bogado lança livro

Dep. Catarina, Bogado, Pablo e Gil Davoglio (esq. p/ dir.)

Hoje estive em Atlântida Sul para o lançamento do livro “Eles querem meu sangue”, de autoria do líder comunitário Hélio Bogado. Compareceram o vereador Ed Moraes e o deputado estadual Catarina Paladini.
A presença do ex-vereador Gil Davoglio levantou questionamentos a respeito de sua possível ida para o PSB, partido de Paladini e Bogado.
O livro aborda ações de Bogado no esporte, política e na busca de melhorias no balneário. Um dos pontos mais importantes da publicação é o que trata do saneamento de Atlântida Sul, pois há questionamentos referentes à empresa Bolognesi. Vários políticos são citados no livro, o que já motiva polêmicas em Osório e região.

PMDB de Osório busca informações sobre Hospital

Debate teve momentos tensos

Preocupada com a atual situação do Hospital São Vicente de Paulo, a bancada do PMDB foi proponente de reunião nesta quinta-feira (9) para discutir questões relacionadas à instituição. O encontro teve a participação do prefeito Eduardo Abrahão, do interventor Márcio Rolim, do coordenador regional da Saúde, Cláudio Paranhos, do promotor Luis Balaguez, vereadores, entre outras entidades.
Os vereadores do PMDB Ed Moraes, Charlon Muller, Roger Caputi e Lucas Azevedo estão buscando esclarecimentos para ter conhecimento de todos os dados da intervenção no Hospital no período de um ano e meio.
A bancada entregou uma série de questões a Márcio Rolim. Uma das reclamações da bancada do PMDB é de que as informações solicitadas à diretoria do Hospital não são atendidas. Atualmente o hospital sofre com carência de médicos, material e equipamentos.

Prefeitura de Osório ameniza impacto da reposição do IPTU

Pref. Abrahão expôs razões da Prefeitura

Nesta sexta-feira (10) houve audiência pública na Câmara de Osório para tratar da reavaliação dos valores dos terrenos no município, pois há uma defasagem de 13 anos. O vereador Roger Caputi (PMDB) criticou a falta de periódica revisão da planta genérica, o que teria sido motivado pela bonança financeira de anos atrás.
O prefeito Eduardo Abrahão (PDT) contestou Roger, negando ter havido omissão da administração municipal. Destacou a recomendação do Tribunal de Contas do Estado a respeito da necessidade de revisão dos valores da planta genérica.
Ficou decidido que haverá aumento anual de 10% em dez anos, com atualizações a cada quatro. A proposta agradou à maioria, tendo sido amenizado o impacto no bolso do contribuinte.