Marcado: Palmares do Sul

Prefeito Lang pressiona por aprovação de empréstimo

Pref. Paulo Lang

Em Palmares do Sul o prefeito Paulo Lang (PT) segue exasperado, no sentido de ver aprovado na Câmara projeto que aprova empréstimo de R$ 3,5 milhões junto ao BRDE. Hoje à noite acontece mais um capítulo desta novela, pois na sessão da Câmara haverá pressão sobre os parlamentares para que coloquem em pauta o projeto.
Lang tem se irritado muito com esta situação, criticando o revanchismo de vereadores e líderes da oposição que teimam em adiar a apreciação e votação deste empréstimo destinado a melhorar a infraestrutura do município, inclusive a problemática Avenida Esparta, localizada em Quintão.
O prazo para encaminhamento da documentação do Executivo Municipal ao BRDE vai até 20 de setembro. Em razão disto, Lang está apelando à comunidade para que ajude a pressionar o Legislativo na sessão ordinária de hoje.

Anúncios

Prefeito Lang detona oposição de Palmares do Sul

Pref. Paulo Lang

O prefeito Paulo Henrique Lang (PT), de Palmares do Sul, e sua administração novamente defrontam-se com uma oposição bem articulada. Desta vez o confronto envolve projeto de lei, enviado à Câmara Municipal, que pede autorização para uma operação de crédito com o BRDE no valor de R$ 3,5 milhões voltada a obras de infraestrutura.
Conforme Lang, o prazo está expirando para encaminhamento da documentação ao BRDE. Como até hoje o projeto não foi colocado em pauta no Legislativo, Palmares tem tudo para perder esta oportunidade. “As obras beneficiariam 300 famílias. É uma pena estes políticos não pensarem primeiro na comunidade”, lamenta.
Lang aponta a presidente da Câmara, Juliana Ortiz, e o ex-prefeito Luciano Bins, ambos do oposicionista PDT, como articuladores de manobras que levaram a Câmara a não votar e aprovar o projeto. “A Câmara não vai botar em votação só por maldade deles e outros que vão para Brasília só para queimar dinheiro público”, critica.

Porto no Litoral Norte, promessa dos aventureiros da política

Até hoje a construção de um porto no Litoral Norte do RS não passa de um projeto vago, baseado no corolário de promessas dos muitos políticos que procuram ser a sensação por estas bandas, atrás de votos e prestígio.
Torres, Tramandaí e Palmares do Sul já foram citados como possíveis sedes de um moderno porto. Este último município ganharia um porto na Lagoa dos Patos e os outros dois junto a molhes que avançariam no Oceano Atlântico.
Logo que me deparo com este tipo de promessa, vejo o descompasso entre o desenvolvimento regional e o que ocorre nos gabinetes de órgãos públicos que pouco fazem pelo Litoral Gaúcho. Parece areia demais para o pequeno caminhão que movimenta a economia das cidades da região.
É evidente que um porto marítimo tem maior futuro, mas nada impede que um porto na Lagoa dos Patos, de pequeno porte, venha a ajudar a agricultura e o comércio. Mas e se fossem construídas marinas voltadas ao turismo, o foco na preservação ambiental e no desenvolvimento turístico não seriam reforçados?
Quando assuntos de vital importância ficam por contas de políticos, a base da discussão se deteriora e vem a demagogia do oportunista. As lideranças locais precisam ser mais ativas, não apenas o prefeito e vereadores, pois estes mandatários procuram incentivar o projeto com fins políticos, contando com o deputado, o ministro, o secretário de seu partido.
Assim como o inferno está cheio de boas intenções, deve o povo do Litoral desconfiar quando surge mais um projeto ou promessa de construção de porto. Mas que coincidência, a campanha eleitoral já começou e os candidatos estão aportando e desembarcando por aqui. Quem paga este frete todo?

Prefeito Lang recorre ao BRDE para melhorar infraestrutura

Pref. Paulo Lang

Enquanto a oposição esperneia procurando a cassação do prefeito de Palmares do Sul, Paulo Lang (PT) procura driblar o aperto orçamentário e a queda de arrecadação recorrendo ao BRDE numa operação bastante vantajosa para o Executivo.
Lang encaminhou à Câmara projeto de lei que pede autorização para realizar uma operação de crédito com o BRDE no valor de R$ 3,5 milhões, ou seja, um financiamento para obras de infraestrutura que será pago pelo município em dez anos sem comprometer suas finanças.
Uma das metas é terminar com as inundações na rua Antonio Machado e Avenida Palmares. Os investimentos incluem a rua Catalunha, na localidade de Frei Sebastião, e Avenida Esparta, em Quintão.
O projeto será votado pelo Legislativo. “Sem fazer este empréstimo a administração municipal não tem capacidade para realizar investimento deste porte. Não estamos endividando Palmares do Sul”, ressalta o prefeito.

Vereador de Palmares do Sul denuncia farra da premiação

Ver. Polon Oliveira

Na sessão de ontem (6), da Câmara Municipal de Palmares do Sul, o vereador Polon Oliveira (PTB) fez denúncias a respeito do uso de verbas públicas para pagar premiação a três vereadores.
Casos idênticos já foram denunciados no programa Fantástico, mostrando numa reportagem investigativa até um jumento recebendo premiação, tal o descaramento desta fraude com o dinheiro do contribuinte.
Os parlamentares de Palmares do Sul foram agraciados pelo Instituto Tiradentes que deverá ser alvo de profunda investigação por parte do Ministério Público.
A notícia que temos é que vereadores de outros municípios do Litoral Norte também estão se abastecendo na quitanda de prêmios do Instituto Tiradentes.

Prefeito de Palmares tem contas de 2014 rejeitadas

Paulo Lang

Ontem (16) a Câmara Municipal de Palmares do Sul apreciou as contas da gestão do prefeito Paulo Lang (PT) em 2014 e 2015. O Tribunal de Contas do Estado (TCE) havia decidido pela rejeição do exercício financeiro de 2014.
Indo para voto no plenário do Legislativo, as contas de 2014 não obtiveram a aprovação de dois terços dos parlamentares, pois votaram contra Polon Oliveira, Eduardo Alves, Ademar Terra e a presidente Juliana Ortiz. O placar ficou em cinco a quatro.
Nos círculos oposicionistas da cidade, já se ventila a possibilidade de Lang vir a se tornar inelegível por oito anos. O processo volta ao TCE para apreciação.

Suspeição de juíza é aceita no TSE

Na manhã de hoje o TSE julgou a exceção de suspeição da juíza eleitoral de Palmares do Sul, resultado de recursos interpostos pela defesa de Paulo Lang. A vitória do prefeito foi de quatro a três. A questão agora retorna ao TRE gaúcho. Assim que o TRE remeter de volta, o processo de cassação em terceira instância será retomado.
A situação está favorável a Lang, pois foram minadas algumas ações do processo que busca sua cassação e do seu vice. Há pontos frágeis na acusação que serão explorados pela defesa do prefeito. A comunidade de Palmares do Sul observa as tramas de uma oposição inconformada com a derrota em 2016 e de olho nos tribunais, onde tenta obter vitória para remover Lang do paço municipal.