Marcado: PP

PP aposta em Heinze

PP prepara-se para eleição estadual

Mais de dois mil progressistas de 54 municípios compareceram em São Borja, na manhã do último sábado, 10, para o evento de lançamento da pré-candidatura do deputado federal Luis Carlos Heinze ao governo do Estado do Rio Grande do Sul. Ocorrido no Centro Nativista Boitatá, o ato organizado pelo diretório local do Partido Progressista teve como objetivo mobilizar e conscientizar os apoiadores da pré-candidatura para a importância do massivo comparecimento à pré-convenção do dia 24, no Teatro Dante Barone da Assembleia Legislativa em Porto Alegre. Com base na atual conjuntura política gaúcha e nacional, favorável à retomada do protagonismo pelo Progressistas, o diretório municipal também organizou o encontro para simbolizar o início de uma caminhada que, conforme asseguram seus dirigentes, culminará com um histórico triunfo de Heinze ao final das eleições de outubro.

Anúncios

PP aposta em Ana Amélia para governadora

PP RSA senadora Ana Amélia Lemos foi aclamada na Convenção Estadual do Partido Progressista como candidata ao Governo do Estado. Nem a chuva impediu que lideranças Progressistas de todo o Rio Grande lotassem o Teatro Dante Barone, na Assembleia Legislativa. PSDB, Solidariedade, PRB e dissidentes do PROS também compareceram ao ato.
Ao todo 942 convencionais optaram pelo: apoio ao candidato à Presidência da República Aécio Neves; apoio à coligação entre os partidos PP-PSDB-SDD-PRB à “Eleição Majoritária 2014” (Governador / Senador); apoio à candidatura de Ana Amélia Lemos (PP) para Governadora e ao candidato a Vice-Governador Cassiá Carpes(SDD); apoio ao candidato ao senado e seus respectivos suplentes que serão indicados pelos partidos integrantes da coligação PP-PSDB-SDD-PRB e pela aprovação da nominata da Chapa Proporcional do PP/RS às Eleições 2014, conforme listagem constante das cabines de votação.
Foram 916 os convencionais que concordaram com os itens apontados na cédula, três foram os discordantes, 12 votaram nulos e 11 em branco, resultando em 919 votos válidos.
Durante a Convenção, o coordenador-geral da Campanha ao Governo do Estado, Marco Aurélio Ferreira, destacou a importância das redes sociais nessas eleições. “O Facebook é uma ferramenta que temos que usar muito. Vamos fazer um exército digital da Esperança”, observou. A municipalização da campanha com metas para cada cidade gaúcha também foi destacada pelo coordenador.
O presidente Progressista, Celso Bernardi, fez um discurso emocionado falando sobre o sonho que milhares de gaúchos carregam. “É o sonho da Esperança que será realidade a partir de 1º de janeiro”, afirmou Bernardi.
FONTE: Site do PP-RS

Política: Altivo Reis quer renovação do PP de Osório

Altivo ReisO subprefeito do distrito de Atlântida Sul é um experiente político, bastante conhecido da comunidade. Altivo Rosa dos Reis, 69 anos, recentemente assumiu mais um compromisso: ser presidente do seu partido, o Partido Progressista (PP), pela quarta vez. Nesta semana ele me concedeu entrevista.

Qual é hoje a situação do balneário Atlântida Sul?
Na minha opinião a situação é boa. A iluminação pública e o recolhimento de lixo vão indo muito bem. Arrumamos 16 mil metros de calçamento e outros 16 mil mais adiante também serão melhorados. No distrito há local para recebimento de restos de poda e entulhos. A limpeza geral da localidade será reforçada. O prefeito Eduardo Abrahão vai realizar licitação para que estes trabalhos ocorram quatro vezes ao ano. No balneário estão sendo construídas 40 casas, o que possibilita bastante emprego aos moradores.

Há preocupação com invasões no balneário?
Há uma preocupação dos veranistas com as invasões, pois elas estão aumentando. Há 50 famílias lá que estão nesta situação difícil.

Como vês a situação do PP no Litoral e no Rio Grande do Sul?
No Litoral melhoramos porque temos mais prefeitos e vereadores. No Rio Grande do Sul elegemos mais prefeitos e vereadores que na eleição passada. No interior o PP é forte temos a nossa pré-candidata, a senadora Ana Amélia Lemos. Depositamos confiança nela. É uma mulher íntegra e de boas ideias. O eleitorado começa a ver nela um futuro para administrar o Estado. Ana Amélia tem um trânsito muito bom para compor uma aliança com outros partidos, o que pode levar o PP ao Palácio Piratini.

O que esperas da tua gestão à frente do PP local?
Eu quero renovar. Eu, o Miguel Calderon, Airton Figueiredo, Eduardo Renda, temos que entregar para os mais jovens. Hoje os jovens ocupam bastante espaço na Executiva Municipal, caso do Giovane Linhares (vice), Doca (segundo vice-presidente), Juninho, Eduardo Killes. Todos são jovens que agora participam da Executiva.

O PP quer eleger prefeito de Osório?
Sim, quer. Temos que preparar a juventude que vem para assumir, como o Rossano, Doca, e os mais jovens. Tem que dar oportunidade para ver como se saem. Se mostrarem competência e carisma, o PP apoia.

Rossano Teixeira: “PP tem que se reestruturar”

vereador RossanoEntrevistei o presidente da Câmara de Osório, Rossano Teixeira (PP), que abordou a situação do município e do seu partido, o PP.

Como tu encaras este primeiro ano de Eduardo Abrahão como prefeito?
Entendo que se trata de um ano importante, decisivo para os caminhos que Osório vai tomar. Existe neste primeiro momento uma dificuldade muito grande, envolvendo a questão partidária. A estruturação de cargos está gerando descontentamento.

A demissão de CCs repercute no meio político?
As pessoas tinham expectativa de permanecer nos seus cargos. Com as exonerações, elas se frustram, o que desestrutura a questão político-partidária na cidade. É criado um extemporâneo descontentamento. O partido que está sofrendo na carne é o PDT, pois tem grande número de cargos e tem a maior estrutura no município.

Osório está em que patamar hoje?
A cidade está com uma estrutura excelente e os serviços têm que ser otimizados. A administração municipal vai precisar ter inspiração e transpiração. Será necessário planejamento. Hoje cada vez que se erra, aparece ainda mais. As pessoas vão ter que sair da zona de conforto.

Como anda o seu partido, o PP?
O PP tem que se reestruturar enquanto partido. Partidos que ficam regionais, caso do PP e PDT, na minha ótica, estão condenados. O PP envelheceu em Osório e não temos novas lideranças. Não soubemos renovar e oxigenar a legenda aqui no município. Não tivemos competência para fazer o partido crescer. Estamos muito preocupados com a questão administrativa e temos dois secretários indicados por nós, Antônio Marculan e Dilson Maciel.
Os partidos têm que ter uma posição ideológica. No resto do mundo existe um tipo de permanência dos conceitos ideológicos. É preciso ter uma marca.

PP de Osório indica Rossano para vice

O diretório do Partido Progressista (PP) de Osório esteve reunido ontem, na Câmara Municipal, para decidir a respeito de qual nome será indicado para ser vice numa composição com o PDT. Concorreram Rossano Teixeira, Eduardo Renda e Leoni Martins.
Foi escolhido com boa votação Rossano Teixeira (foto), atualmente secretário municipal da Cultura. Segundo ele, não se trata de uma decisão final do partido, pois mais adiante será realizada uma convenção.
Pesquisas realizadas em Osório têm apontado Rossano Teixeira como um nome com grande potencial para ser vice, pois possui pequena rejeição entre o eleitorado.
Como o PP integra a administração municipal, assim como o PT, também postulante a vice, uma intrincada negociação entre as três legendas – PDT, PP e PT – deverá ter início. Fraturas poderão ocorrer na coalizão municipal.

Anderson mira reeleição em Tramandaí

O atual prefeito de Tramandaí, Anderson Hoffmeister (foto), está de olho numa candidatura à reeleição. Seu partido, o PP, deve apostar na sua candidatura para permanecer no comando da administração municipal. Integra também o Executivo o PMDB, cujo candidato deverá ser Edegar Rapaki.
Por enquanto não se fala num rompimento da aliança entre PP e PMDB na Prefeitura, mas o tom da conversa pode mudar a partir do ano que vem quando as campanhas dos candidatos forem confirmadas.

Novos secretários e subprefeito querem mostrar serviço

Rossano, Jerônimo Goergen e Altivo Reis

Rossano Teixeira assumiu como secretário afirmando ser sua meta a construção da Casa de Cultura em Osório. Altivo Reis é morador do balneário de Mariápolis e assumiu a Subprefeitura de Atlântida Sul, assinalando que irá se empenhar ao máximo no distrito praiano. Também assumiu Martim Tressoldi na condição de secretário substituto de Eduardo Renda.
A posse do pessoal do PP foi prestigiada pelo deputado federal Jerônimo Goergen, presidente do PP gaúcho. Numa primeira conversa com Goergen, Teixeira já ficou sabendo que a ministra da Cultura, Ana de Hollanda, é do PT. O novo secretário tenciona buscar recursos do governo federal para a realização de atividades e projetos culturais em Osório.