Marcado: Romildo Bolzan Júnior

Justiça condena Romildo Bolzan Júnior

Romildo Bolzan Jr.

Desde o final de 2001 uma ação proposta pelo Ministério Público vinha tendo idas e vindas no Fórum, envolvendo o prefeito de Osório de 1993 a 1996, Romildo Bolzan Júnior, seu secretário da Fazenda, Pedro Francisco Schoffen, e outras pessoas que posteriormente foram retiradas do processo por prescrição.
No entanto, a Justiça considerou que contra o prefeito e seu secretário a ação teria prosseguimento. Foi verificado que de 1993 a 1996 deixaram de ser cobrados  de tributos municipais R$ 661.353,33, valores referentes à data de 31 de dezembro de 1996.

Juiz Juliano Breda

O juiz Juliano Pereira Breda, tendo ouvido testemunhas e conferido a documentação referente ao caso, decidiu condenar o ex-prefeito e o ex-secretário da Fazenda. “Em relação à imputação contida no artigo 10 da Lei de Improbidade Administrativa, segundo consta na inicial, ambos os réus não diligenciaram como deveriam para cobrar os créditos tributários devidos ao município, deixando-os prescrever, o que foi inicialmente noticiado pelo então vereador Manoel Cândido, e posteriormente constatado por minuciosa análise das contas públicas municipais no período de 1996, pelo Tribunal de Contas do Estado”, assinala o magistrado.
JUIZ APONTA OMISSÃO
“Como se vê, no lapso temporal de 1993 a 1996, ou seja, durante toda a gestão do demandado Romildo, não foram ajuizadas execuções fiscais. Essa informação, sem nenhum lastro de subjetividade, indica a conduta omissiva dos réus, que não determinavam os lançamentos dos créditos tributários e, quando os efetuavam, não procediam as respectivas cobranças judiciais”, afirma o juiz que em seu arrazoado, logo adiante, fulminou com as expectativas de Romildo que procurava se basear em prazo prescricional tributário quinquenal.
BUSCA DE SIMPATIA
“Inicialmente, anoto que o demandado Romildo, na condição de ordenador primário de despesas públicas, cometeu atos ímprobos de espécies diversas, sendo um doloso e outro com culpa, no mínimo. A conduta que gerou prejuízo ao erário foi longa, pois se prolongou durante todo o mandato. Além de ter gerado lesão ao erário, o demandado conquistou para si a simpatia dos contribuintes em detrimento do interesse público e prejudicou o gestor que o sucedeu”.
CONDENAÇÃO
Romildo Bolzan Júnior e Pedro Schoffen foram condenados por improbidade administrativa. O juiz determinou a ambos a restituição solidária e atualizada dos valores tributários que não foram cobrados dos contribuintes, perda da função pública que eventualmente estejam ocupando e a suspensão dos direitos políticos, de seis anos para o réu Romildo e cinco anos para o réu Pedro Francisco. Ambos podem encaminhar apelações ao Tribunal de Justiça. A sentença foi publicada na última terça-feira (28).

Anúncios

Romildo não torceu pela queda do Internacional

Romildo Bolzan Jr/Foto: Agência RBS

Romildo Bolzan Jr/Foto: Agência RBS

O presidente do Grêmio, Romildo Bolzan Júnior, em entrevista ao SporTV na semana passada, afirmou que não torcia pelo rebaixamento do Internacional à série B. O ex-prefeito de Osório assinalou que “não quer para os outros o que não quer para si”.
Nas redes sociais as gozações para os colorados são muitas. Na minha ótica a grandeza do Inter puxa o fortalecimento do Grêmio e vice-versa. Basta ver o histórico dos dois clubes para perceber que a competição acirrada impulsionou grandes conquistas.
Romildo comemora a conquista da Copa do Brasil e tem uma postura de grandeza diante das dificuldades coloradas. Já o Inter se prepara para 2017, tendo eleito Marcelo Medeiros presidente, sendo confirmado como técnico Antônio Carlos Zago.

Procurador pede desculpas por excessos da Operação Cartola

Operação Cartola também envolveu Prefeitura de Osório

Operação Cartola também envolveu Prefeitura de Osório

O procurador da República, Celso Tres, recomendou a improcedência total da denúncia contra 30 réus da Operação Cartola. Tal medida vale para a esfera federal das investigações. A operação também envolveu a Prefeitura de Osório. Era julho de 2011, durante a gestão do prefeito Romildo Bolzan Júnior (PDT).
Entrevistei agora ao meio-dia Romildo Bolzan Júnior, hoje presidente do Grêmio, afirmando que tinha sido excluído das investigações já em 2011.
Passados todos estes anos, fica a impressão de que foi uma operação com cunho político, com alvos previamente marcados, visando detonar a imagem de figuras públicas. Recordo que a ação da Polícia Civil na Prefeitura de Osório teve mais de dez agentes envolvidos, todos bem armados e uniformizados. O fato repercutiu na comunidade, gerando comentários maldosos e gozações.

Romildinho é presidente e vice de futebol do Grêmio

Bolzan irá acumular a vice-presidência de futebol Foto: Fernando Gomes /Agência RBS

Bolzan irá acumular a vice-presidência de futebol
Foto: Fernando Gomes /Agência RBS

O presidente Romildo Bolzan irá acumular a função de vice de futebol do Grêmio. Ao final da reunião com seu Conselho de Administração (CA), na noite desta segunda-feira (25), o dirigente não conseguiu convencer qualquer dos nomes cogitados a aceitar. Um deles era Adalberto Preis.
As tratativas para encontrar um ocupante do cargo poderão ser retomadas ao longo da semana. Na avaliação do Conselho de Administração, o presidente ficará sobrecarregado no desempenho da função.
FONTE: Rádio Gaúcha

Romildo Bolzan Júnior preside Grêmio

Romildo Bolzan Jr.Ontem o ex-prefeito de Osório, Romildo Bolzan Júnior (foto), tomou posse como presidente do Grêmio para o período 2015-2016. Assume este cargo com o objetivo de driblar os problemas financeiros e levar o clube a títulos, o que vem fazendo falta nos últimos tempos para o tricolor.
“Chegamos ao final de uma trajetória difícil, de altos e baixos, mas uma trajetória prazerosa por estarmos servindo ao Grêmio. Tenho certeza que o novo desafio será vencido, que é denominado Operação Grêmio, na compra da Arena, indispensável para o crescimento do Clube. O Grêmio representa pra mim uma das melhores coisas que a vida me proporcionou”, declarou.

Romildo Bolzan Júnior é eleito presidente do Grêmio

Romildo Bolzan Jr.Neste sábado (18) Romildo Bolzan Júnior (foto) foi eleito presidente do Grêmio para o biênio 2015-2016. Com isto, praticamente afasta a possibilidade de vir a concorrer a prefeito de Osório na próxima eleição municipal. Romildo teve 71,4% dos votos, enquanto seu oponente, Homero Bellini Júnior, obteve 28,6%.
Romildo foi prefeito de Osório por três mandatos, com expressivas vitórias nas urnas. Recentemente deixou a presidência estadual do PDT para seguir o caminho que levava ao comando do tricolor gaúcho. Agora tem muitos planos, visando qualificar a estrutura do clube e também o time em campo, onde os resultados devem ser buscados com o máximo empenho.

Romildo Bolzan Júnior concorre a presidente do Grêmio

Romildo Bolzan Jr.Hoje acontece, em Porto Alegre, o lançamento da candidatura de Romildo Bolzan Júnior (foto) a presidente do Grêmio, seu clube do coração. O ex-prefeito de Osório já conta com importantes apoiadores, como o ex-presidente Duda Kroeff. Também concorrerão à presidência Homero Bellini Jr. e Nilton Cabistani.
Em torno de 40 mil associados estarão aptos a votar para presidente do Grêmio em segundo turno, no dia 18 de outubro. A apuração contará com o suporte do Tribunal Regional Eleitoral.