Marcado: Saúde

Qual é a dívida do Hospital de Osório?

Vereadores fizeram perguntas à direção do Hospital

Uma pergunta que surgiu, durante sabatina feita pelos vereadores de Osório à direção do Hospital São Vicente de Paulo, ocorrida nesta terça-feira (20), foi a respeito do volume da dívida da entidade.
Os dois dirigentes do Hospital afirmaram não ter em mãos os dados totais da dívida, mas uma empresa de contabilidade está fazendo um levantamento destes débitos e sua totalização.
Evidente que a situação financeira do São Vicente é preocupante, daí o surgimento desta pergunta, já que a administração municipal está prestes a renovar sua intervenção a partir de 14 de julho.
Hoje a dívida com os médicos está em R$ 592 mil e o déficit mensal fica em cerca de R$ 200 mil. Estes números já revelam um quadro preocupante. O diretor Márcio Rolim e sua equipe desdobram-se para contornar a crise.

UFCSPA planeja campus em Santo Antônio da Patrulha

Com a gestão do Hospital de Santo Antônio da Patrulha passando a ser feita pelo Grupo Hospitalar Santa Casa de Misericórdia, uma excelente oportunidade surge para o município.
A Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (UFCSPA) está planejando a construção de um campus na cidade, contando com os cursos de Medicina, Enfermagem, Biomedicina, Farmácia, Nutrição, entre outros.
Isto é possível porque os hospitais administrados pelo Grupo Santa Casa mantêm convênio com a UFCSPA. A previsão é de que a instalação do campus já comece no segundo semestre deste ano.

Coordenador de Saúde contesta líder do PDT

Paranhos explica fornecimento de medicamentos

O coordenador regional de Saúde, Claudio Paranhos, contesta afirmação do líder do PDT na Câmara de Osório, Marcos Bolzan, de que haveria falta de 190 medicamentos, de responsabilidade do Governo do Estado, na rede local de saúde. “Concordo que ocorra falta de alguns medicamentos. Há casos em que o laboratório atrasa o fornecimento e outros em que os remédios já foram retirados pelos pacientes, constando no sistema como faltantes”, explica. Paranhos assinala que o número mostrado pelo vereador pedetista é muito exagerado, já que na listagem de medicamentos distribuídos grande parte é de responsabilidade da Secretaria Municipal de Saúde.
“O objetivo desta declaração no Legislativo foi me atingir politicamente e não resolver o problema do paciente. Estou à disposição dos vereadores e Prefeitura para resolver os problemas da população, sem ver a sigla partidária”, reforça.

Hospital de Palmares do Sul enfrenta crise financeira

Situação do Hospital São José preocupa comunidade

Situação do Hospital São José preocupa comunidade

Conforme notícia do Palmares News, o Hospital São José, de Palmares do Sul, começa a sofrer com a falta de recursos, o que infelizmente se tornou comum por todo o Brasil. A comunidade realizou manifestação em defesa da entidade na frente da Prefeitura.
O Hospital recebe repasses da administração municipal, os quais são insuficientes diante das despesas que tem pela frente. O prefeito Paulo Lang (PT) chegou fazer pronunciamento diante dos moradores.
Entrevistei Lang que me disse ter aumentado o repasse mensal, ao longo da sua gestão, de R$ 43 mil para R$ 92 mil. “Não queremos que o Hospital feche. Queremos que se adeque à realidade de Palmares do Sul e de todo o Brasil. Hoje a realidade é outra”, explica. Ele frisa que a rede municipal está atendendo das 8h às 20h e no balneário de Quintão o posto funciona durante as 24 horas. Lang vai aguardar a proposta da direção do São José.

Osório: ambulatório do Posto Central é reaberto

salas-do-posto-centralUm momento muito significativo para a saúde pública de Osório. Esse foi o sentimento durante o ato de reabertura da parte externa do Posto Central Médico Flavio Silveira, antigo pronto atendimento, que foi utilizado provisoriamente pelo Hospital por causa do incêndio ocorrido em 2014.
Com a presença de autoridades e colaboradores, aconteceu nesta quarta-feira (8) a entrega oficial do espaço que foi revitalizado pela empresa Pert Engenharia ao valor de R$ 159.168,70 com fiscalização do engenheiro Jorge Ferri. O atendimento nas salas reformadas já havia iniciado na última segunda-feira.

Claudio Paranhos dirige Coordenadoria de Saúde

Claudio Paranhos

Claudio Paranhos

Dentro da cota do PMDB, assumiu nesta semana o cargo de coordenador regional de Saúde, Claudio Paranhos. No último pleito concorreu a vereador pelo PPS. Atuou como secretário de Planejamento de Xangri-Lá. “Foi uma escolha pessoal do prefeito Cilon Silveira”, recorda.
“O PMDB de Osório passa por um momento de renovação. Eu faço parte desta onda”, afirma, adiantando que irá assinar ficha neste partido. Segundo ele, a nomeação para este cargo importante no Litoral Norte passou pelo crivo do PMDB regional, com aval dos deputados Alceu Moreira e Gabriel Souza. Claudio está estudando Gestão Pública e planeja implantar uma comissão gestora na Coordenadoria, integrada por vários funcionários. “Temos um corpo técnico muito qualificado”, ressalta.
EDUCAÇÃO
Na Coordenadoria Regional de Educação assumiu também uma pessoa da cota do PMDB. É Liane Freitas, ex-secretária de Educação de Tramandaí. Ela vem tendo reuniões constantes com os diversos setores para que o ano letivo comece sem problemas na rede estadual.

Osório terá UPA e CER

UPA (foto) e CER deverão estar prontos neste ano

UPA (foto) e CER deverão estar prontos neste ano

Com o objetivo de verificar o andamento das obras do Centro Especializado em Reabilitação Física, Auditiva e Visual (CER) e a Unidade de Pronto Atendimento 24 horas Porte I (UPA), de Osório, o secretário da Saúde, Emerson Magni e o secretário do Desenvolvimento e Turismo, Rossano Teixeira, foram até ao complexo na tarde de quinta-feira (26).
O CER está com 95% de suas obras concluídas e a UPA com aproximadamente 70%. Ambos os prédios apresentam uma qualidade excepcional e acabamentos excelentes. A empresa responsável pelas obras, a Engeton, vem realizando um trabalho digno de elogios.
Os secretários saíram do local satisfeitos com o que foi observado e parabenizaram os profissionais responsáveis pela execução das obras.
FONTE: Prefeitura de Osório