Marcado: Sindicalismo

Greve dos bancários prossegue

bancoA greve dos bancários continua, alterando a rotina das pessoas e empresas. Conforme site da categoria, “o Comando Nacional dos Bancários rejeitou, na própria mesa de negociação, a nova proposta apresentada pela Federação Nacional dos Bancos, nesta sexta-feira (9), em São Paulo. Mesmo após um início de greve muito forte da categoria nesta semana, os bancos estão propondo um reajuste de apenas 7% no salário, na PLR e nos auxílios refeição, alimentação, creche, e abono de R$ 3,3 mil”.
Em Osório o reflexo do movimento é sentido pelas lotéricas e outros agentes com serviços bancários, formando-se grandes filas.
Em Porto Alegre está prevista para hoje, às 15 horas, assembleia de organização da greve no Clube do Comércio. Antes haverá caminhada até o Palácio Piratini.

Anúncios

Funcionalismo estadual faz manifestação

2015-05-29 10.12.18Agora pela manhã setores do funcionalismo estadual fazem manifestação em Osório, na Praça da Matriz. Seu sindicato, o Sindsepers, explica que “o objetivo é promover um grande dia de luta em defesa da classe trabalhadora, da liberdade e da democracia, contra as medidas econômicas restritivas anunciadas pelo governo federal e em defesa da aprovação definitiva da fórmula 85/95, que vai acabar com o fator previdenciário e melhorar o atual sistema de aposentadorias”.
O sindicato faz críticas ao Governo Sartori que “alega déficit e caos financeiro para criar um clima de terror no Estado e justificar a sua inércia frente aos desafios existentes”.

Gestão de sindicato é investigada

Está sendo investigada a gestão de Pedro Messagi à frente do Sindicato dos Servidores Municipais de Osório. Foram constatadas supostas irregularidades que motivaram inquérito policial que posteriormente deverá ser encaminhado à Justiça.
Por outro lado, a atual presidente, Hermínia Ferri Viganó, segue colocando a casa em ordem, trazendo de volta o servidor à entidade sindical. As contas foram colocadas em dia e investimentos são realizados para beneficiar o filiado.

Servidores da Justiça fazem paralisação

Movimento atingiu Fórum de Osório

Movimento atingiu Fórum de Osório

Hoje os funcionários da Justiça Estadual estão realizando paralisação. O movimento teve como estopim a concessão de auxílio-moradia de R$ 4.377,73 aos juízes, garantida através de liminar do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux.
Conforme o SindjusRS, “outros projetos estão em curso, visando a conceder apenas aos juízes elevadas somas do orçamento público, tais como auxílio-alimentação de mil reais, avanços temporais e outras benesses que causam espécie para reles mortais como nós que não temos direito a nada”.
A categoria reivindica reformulação do plano de carreira, recomposição das perdas salariais históricas que já somam mais de 55%, a criação de um substitutivo à URV, a jornada de sete horas e revisão do auxílio-condução para oficiais de Justiça.
A paralisação acontece apenas hoje. Estão trabalhando 30% dos funcionários nos cartórios e demais setores, conforme determina a legislação.

Greve dos bancários tem início

Movimento atingiu também o Bradesco de Osório

Movimento atingiu o Bradesco de Osório

Hoje estive conferindo a situação da greve dos bancários em Osório. Todas as agências foram atingidas, com exceção do Sicredi. Mesmo assim observei que alguns funcionários conseguiram ingressar nos bancos, onde executam atividades.
As principais reivindicações da categoria são reajuste salarial de 12,5%, piso salarial de R$ 2.979,25, 14º salário, vale-alimentação, vale-refeição, cesta-alimentação, 13ª cesta, auxílio-creche, gratificação de caixa de R$ 1.042,74, gratificação de função de 70% do salário do cargo efetivo, entre outras.
Conforme o Sindicato dos Bancários do Litoral Norte, somente os seis maiores bancos – Banco do Brasil, Itaú, Bradesco, Caixa Econômica Federal, Santander e HSBC – que somados detêm mais de 85% dos ativos do sistema financeiro e empregam mais de 90% dos bancários, tiveram lucro líquido de R$ 56,7 bilhões em 2013 e mais R$ 28,5 bilhões no primeiro semestre deste ano.

Polícia investiga rombo em contas de Sindicato

A direção do Sindicato dos Servidores Municipais de Osório contratou auditoria independente da contabilidade da gestão anterior, constatando que teria havido um rombo de R$ 529.568,57 nas contas da entidade. O período investigado abrange 2008 a 2013.
O sindicato encaminhou o trabalho desta auditoria ao Ministério Público. Por sua vez o MP destinou o processo à Delegacia de Polícia que irá ouvir a diretoria e integrantes da administração passada. A atual presidente do sindicato é Hermínia Viganó, tendo como vice Marluce Matos.