Marcado: Tramandaí

Orla de Tramandaí será reformada

Calçadão vai ganhar nova estrutura

Nesta terça-feira (18) teve início o trabalho de revitalização da beira-mar de Tramandaí. A empresa responsável pela obra é a Planauto Pavimentações, a mesma que transformou a orla de Capão da Canoa.
A previsão é de que a primeira etapa da obra, no trecho entre a Rua 12 de Abril e a Paraná, fique pronta até dezembro. A segunda etapa, entre a Paraná e a Avenida Rubem Berta, deve iniciar em março e será concluída em meados de agosto. A terceira parte, entre a Rubem Berta e a Avenida Atlântica, tem previsão de conclusão para o primeiro semestre de 2020.
A temporada de veraneio não será prejudicada. As máquinas darão lugar aos nossos comerciantes, moradores e turistas entre dezembro deste ano e março de 2019.
A nova beira-mar de Tramandaí terá ciclofaixa, quadras poliesportivas, pista de skate, pista de patinação, academias ao ar livre e parque infantil. Uma moderna iluminação será instalada, deixando a orla mais bela e segura. Pergolados e bancos serão colocados ao longo do calçadão que terá pedra portuguesa nas cores preto e branco, iguais às que estão sendo aplicadas na Avenida Beira-Rio. Todo o projeto é da arquiteta Alessandra Gelain, do Departamento de Engenharia da Prefeitura.

Anúncios

TCE aponta irregularidades na Prefeitura de Tramandaí

Pref. Luiz C. Gauto

O Tribunal de Contas do Estado (TCE) costuma ser rigoroso com gestores que falham na contratação de pessoal e serviços. O prefeito de Tramandaí, Luiz Carlos Gauto (PP), andou derrapando em alguns atos e o TCE já está enfocando as questões.
A assessoria do vereador Juarez Marques (MDB) me enviou material expondo irregularidades referentes a requisitos mínimos de escolaridade exigidos para cargos em comissão (CCs), CCs e FGs com atribuição típica de cargos efetivos, irregularidades na cobrança de divida ativa e também no processo de seleção de uma oscip para atuar na saúde local. Estes apontamentos foram expostos por vereadores de oposição durante recente sessão da Câmara Municipal. Como resultado as devoluções aos cofres públicos chegariam a R$ 3,6 milhões.
PREFEITURA DIVULGA NOTA
A administração municipal se defende, afirmando que estas conclusões de técnicos do TCE não são definitivas. “Os esclarecimentos já foram prestados e enviados ao TCE, com inúmeros documentos que comprovam os fatos alegados e, em sua maioria, afastam os apontamentos. Dessa forma, a afirmação que os documentos lidos e distribuídos na referida sessão plenária são definitivos beira a má-fé e objetiva enganar o povo”, destaca em nota encaminhada a veículos de comunicação.

Tramandaí quer melhorar sua beira-mar

Diretora da SMIC de Capão apresentou ação da Prefeitura

Bons exemplos e projetos podem ser copiados, sem qualquer problema, desde que o interesse público esteja em primeiro lugar. É o caso das exitosas obras da beira-mar de Capão da Canoa que estão inspirando o município de Tramandaí.
O secretário de Indústria e Comércio de Tramandaí, Gilberto de Mattos da Rosa, esteve em Capão da Canoa para conhecer as ações realizadas por esta administração municipal no processo de retirada dos quiosques e de revitalização da beira-mar. Gilberto e um assessor foram recebidos pela diretora da Smic de Capão da Canoa, Carina Bitencourt.
A gestão do prefeito Gauto em Tramandaí tem sofrido críticas em razão da manutenção da beira-mar, algo que precisa ser superado o quanto antes, pois é preciso preparar esta área para a temporada de veraneio.

Tramandaí evolui na assistência social

Esforço dos servidores está dando resultado no setor

Representantes do Governo do Estado estiveram presentes em Tramandaí na última sexta-feira (17), para tratar do Cadastro Único e do Bolsa Família.
Eles informaram a saída de Tramandaí da lista de municípios prioritários, ou seja, todas as metas definidas pelo Governo Federal nos referidos programas foram alcançadas com êxito.
“Esse resultado é fruto de um trabalho conjunto. Quando assumimos Tramandaí estava na lista de cidade com prioridade devido a carências e desatualizações e meses depois conseguimos atingir todas as metas. A Unidade Móvel ajudou nesse aumento da atualização do Cadastro Único, do Bolsa Família e nas condicionalidades da Saúde e Educação. Estamos muito contentes e isso mostra que estamos no caminho certo”, avaliou a secretária de Desenvolvimento e Assistência Social, Cristiane Muller.

Porto no Litoral Norte, promessa dos aventureiros da política

Até hoje a construção de um porto no Litoral Norte do RS não passa de um projeto vago, baseado no corolário de promessas dos muitos políticos que procuram ser a sensação por estas bandas, atrás de votos e prestígio.
Torres, Tramandaí e Palmares do Sul já foram citados como possíveis sedes de um moderno porto. Este último município ganharia um porto na Lagoa dos Patos e os outros dois junto a molhes que avançariam no Oceano Atlântico.
Logo que me deparo com este tipo de promessa, vejo o descompasso entre o desenvolvimento regional e o que ocorre nos gabinetes de órgãos públicos que pouco fazem pelo Litoral Gaúcho. Parece areia demais para o pequeno caminhão que movimenta a economia das cidades da região.
É evidente que um porto marítimo tem maior futuro, mas nada impede que um porto na Lagoa dos Patos, de pequeno porte, venha a ajudar a agricultura e o comércio. Mas e se fossem construídas marinas voltadas ao turismo, o foco na preservação ambiental e no desenvolvimento turístico não seriam reforçados?
Quando assuntos de vital importância ficam por contas de políticos, a base da discussão se deteriora e vem a demagogia do oportunista. As lideranças locais precisam ser mais ativas, não apenas o prefeito e vereadores, pois estes mandatários procuram incentivar o projeto com fins políticos, contando com o deputado, o ministro, o secretário de seu partido.
Assim como o inferno está cheio de boas intenções, deve o povo do Litoral desconfiar quando surge mais um projeto ou promessa de construção de porto. Mas que coincidência, a campanha eleitoral já começou e os candidatos estão aportando e desembarcando por aqui. Quem paga este frete todo?

IPTU de Tramandaí poderá ser parcelado em dez vezes

Pref. Gauto

O prefeito de Tramandaí, Luiz Carlos Gauto (PP), irá assinar em breve o decreto que aumentará de seis para dez parcelas o pagamento do Imposto Predial e Territorial Urbana (IPTU). A medida entrará em vigor em janeiro de 2019.
Os moradores e veranistas poderão fazer o pagamento à vista em janeiro com 10% de desconto ou em fevereiro com 5% de desconto. Em março inicia o pagamento que poderá ser feito em até 10 vezes.
Gauto também destaca que não haverá aumento no valor do imposto e da taxa de recolhimento de lixo. “Analisamos a situação da economia nacional e sentimos a necessidade de aumentar o tempo para o pagamento do IPTU. Não vamos corrigir o imposto de acordo com a inflação, nem da taxa de recolhimento de lixo. Iremos permanecer com os mesmos valores”, frisa.

Saúde de Tramandaí recebe três novos veículos

Vice Corso, sec. Saltiel e pref. Gauto (esq. p/ dir.)

A Prefeitura de Tramandaí adquiriu três novos veículos para a Secretaria Municipal de Saúde. A entrega oficial ocorreu nesta manhã de segunda-feira (13). O prefeito Luiz Carlos Gauto (PP) entregou as chaves dos automóveis Fiat Uno para o secretário de Saúde Luciano Saltiel.
Eles foram obtidos através de emendas dos deputados Pompeo de Mattos (PDT), Afonso Motta (PDT) e Maria do Rosário (PT).
O prefeito Gauto destacou que esses veículos darão o apoio necessário aos postos de saúde. “São ações desse tipo que vão melhorar o atendimento da nossa comunidade, das pessoas que necessitam de veículos para ações da saúde no município. Essa é mais uma conquista de Tramandaí”, comemorou.
“Com a chegada desses veículos vamos conseguir dar um apoio mais próximo das necessidades da nossa população”, avaliou Saltiel.