Marcado: turismo

Prefeituras têm papel no desenvolvimento turístico

visaoVemos muitos prefeitos do Litoral Norte preocupados com a questão financeira, partindo então para uma remodelação da sua gestão, reduzindo o número de cargos e de secretarias. Medidas que têm justificativa, ressalte-se. No entanto, a funcionalidade da administração, com atuação em diversos setores, precisa também ser repensada.
Osório possui um programa de desenvolvimento turístico? Esta pergunta vale também para as outras prefeituras. Vemos com preocupação a manutenção de um mesmo modelo de desenvolvimento, com o setor de turismo recebendo, em muitos casos, cerca de 2% do orçamento municipal. Evidente que a evolução é mínima, não se fazendo aquele salto rumo ao século 21, prevalecendo a velha mentalidade dos anos 80 e 90, girando em torno da espera de investidores. Ora, o setor público é que deve ser o primeiro a incentivar, mas sua atitude é fraca demais.
Amanhã e quarta-feira o Litoral esvazia, deixando bem na foto muitos empresários, mas há pontos que ainda não foram enfocados pelas prefeituras, empresários e comunidades. O cenário econômico não facilita, dada a retração dos investimentos verificada desde o ano passado, mas é preciso ter foco no fortalecimento do comércio, serviços e infraestrutura.
O turismo pode ser nacional e internacional, não apenas baseado no público gaúcho. Esta é a grande jogada que muitos não percebem. A internet é uma grande divulgadora, o que uma turismóloga certa vez disse numa palestra em Osório. Seu relato técnico é ignorado até hoje. Uma mentalidade pequena torna as coisas simplesmente pequenas. Pensar grande, olhar o mundo que hoje vemos na pequena tela de um telefone. É muito difícil isto?

Hotéis comemoram tempo bom no Litoral Norte

Ivone Ferraz

Ivone Ferraz

Ontem conversei com a presidente do Sindicato dos Hotéis, Bares e Restaurantes do Litoral Norte, Ivone Ferraz. Segundo ela, a maioria dos hotéis da região lotou no Réveillon. Nesta semana muitos argentinos chegaram à orla, principalmente em Torres. “A expectativa para o Carnaval está boa. Já foram feitas reservas para este período”, afirma.
Ivone afirma que a maioria das pessoas está se hospedando por apenas três dias. Cerca de 20% destes ficam uma semana ou mais.
Uruguaios também têm vindo a Torres e litoral catarinense, o que deverá ser uma constante se o clima favorecer ao longo de janeiro e fevereiro.

Franceses conhecem Litoral Gaúcho

Parada dos franceses em Imbé

Parada dos franceses em Imbé

Um casal de viajantes franceses está em Imbé. Eles estão percorrendo uma viagem pela América do Sul há três anos e esta é a primeira passada deles pela cidade. Eles passarão a noite desta sexta-feira (2) na cidade e depois seguem rumo a Torres. Jacky e Leticia percorrem estradas num motorhome.
A recepção aos visitantes foi feita pelo responsável pela Central de Atendimento ao Turista, Renato Dias, e pelo diretor do Departamento de Comunicação, Leandro Luz que levaram material informativo e turístico de Imbé. Para saber mais sobre o roteiro e lugares visitados pelo casal, basta entrar no site Itinéraire d’un Iveco Voyageur.

Feriado da República é prévia do veraneio no Litoral Norte

Ivone Ferraz

Ivone Ferraz

Este feriado de 15 de novembro serviu para movimentar Tramandaí, Capão da Canoa, Xangri-Lá e Torres, pois muita gente se deslocou para o Litoral aproveitando o tempo bom. Várias pessoas foram até a beira-mar desfrutar desta prévia do verão, embaladas pela primavera quente.
Faltam poucas semanas para o Réveillon e os setores hoteleiro e de gastronomia aceleram os preparativos para receber a clientela. Conforme Ivone Ferraz, presidente do Sindicato dos Hotéis, Restaurantes e Bares do Litoral Gaúcho, há perspectiva de vinda de grande número de argentinos, aproveitando a alta do dólar no Brasil.
Ela esteve neste segundo semestre de 2016 participando de eventos e feiras do setor em São Paulo, Santa Maria, Gramado e na Argentina. Ivone afirma que o tempo bom resultará em grande movimento de turistas e veranistas na região.

Lédio Maciel

Lédio Maciel

“Com a alta do dólar o brasileiro, em sua maioria, não vai viajar para o Exterior e isto nos proporciona coisas boas”, explica. A dirigente aponta que a temporada vai gerar muitas vagas de trabalho que estão sendo buscadas também por pessoal de Caxias do Sul e outras cidades e até da Argentina. “Vai haver um boom de empregos no litoral gaúcho neste ano”.
O aluguel de imóveis também começa a registrar maior procura nos balneários gaúchos. “Já há gente reservando casas e apartamentos, principalmente a partir do Natal”, afirma o corretor de imóveis Lédio Maciel, de Torres. “O Réveillon aqui vai ser muito concorrido. Quem quiser alugar bem tem que se agilizar”. Segundo ele, o tempo mínimo de locação de imóvel fica em dez dias.

Rota Turística do Litoral será debatida em Tramandaí

Dep. Gabriel Souza

Dep. Gabriel Souza

A criação da Rota Turística do Litoral Norte Gaúcho será tema de audiência pública, proposta pela deputado Gabriel Souza (PMDB), na próxima sexta-feira (8), às 18 horas, na Câmara Municipal de Tramandaí. O projeto de lei que cria a Rota Turística está tramitando na Assembleia Legislativa e tem por principal objetivo fortalecer o desenvolvimento turístico e econômico da região.
Segundo o parlamentar, a implantação da Rota incentivará a organização produtiva das comunidades locais relacionadas ao turismo, ao artesanato e à geração de novas fontes de emprego e renda. “O litoral gaúcho é repleto de atrações turísticas. Com esse projeto, ajudaremos a contribuir para o seu desenvolvimento econômico e social. Será um novo tempo para o turismo da nossa região”, justifica o deputado.

Borússia ganhará nova estrada

Vereador e moradores debateram com o prefeito

Vereador e moradores debateram com o prefeito

Hoje pela manhã o vereador Valério dos Anjos (PDT) e moradores do Morro da Borússia estiveram no gabinete do prefeito de Osório, Eduardo Abrahão, para viabilizar a construção de uma estrada que interligue a área das antenas às estradas da Goiabeira.
O projeto já vem sendo debatido com a comunidade há alguns anos. “Hoje conseguimos chegar a um consenso, buscando a melhoria de nosso querido Morro. A nova estrada beneficiará os moradores e turistas que vêm visitar as belezas naturais do município”, afirma satisfeito Valério.
Conforme o vereador, em uma nova oportunidade será apresentado o projeto para implantação de uma estrada que costeará o Morro.

Implantação do teleférico esbarra na questão ambiental

Localizei aqui em casa a cópia de um ofício e de parte de um laudo de vistoria, oriundos do Departamento de Recursos Naturais Renováveis (DRNR) e datados de 13 de fevereiro de 1995. Trata-se de uma resposta do diretor do DRNR, Antônio Carlos Tubino, ao prefeito Romildo Bolzan Júnior, pois este solicita corte de vegetação no Morro da Borússia para instalação do teleférico.
Ficam claros os impedimentos legais para a implantação do empreendimento na resposta de Tubino. Ele afirma que no local há duas espécies imunes ao corte, conforme lei de 1991. Também aponta que a criação de Área de Proteção Ambiental (APA) na Borússia não contempla o estabelecido pelo Decreto Federal nº 99.274 de 1990. “Existem disposições legais que limitam e proíbem o uso e que, no momento, dependem de regulamentação”, afirma.

Parque Unipraias

Parque Unipraias


EM SC PODE, AQUI NÃO!
Em Balneário Camboriú (SC) funciona o Parque Unipraias, com teleférico sendo grande atração. Lá também existe Mata Atlântica que precisou ser desbastada em alguns pontos. Para conferir o site do parque clique aqui.
Aqui no Rio Grande do Sul a Fepam e outros órgãos barram as chances de colocação de teleférico em Osório, mesmo estando provado que houve grande recuperação vegetal na Borússia nos últimos 50 anos. A questão se arrasta há 30 anos, sempre prevalecendo o preservacionismo em desfavor do desenvolvimento econômico.