Marcado: turismo

Osório: Contur traça metas para desenvolvimento turístico

Contur reunido na Prefeitura

Na semana passada, na Prefeitura de Osório, ocorreu a terceira reunião do Conselho Municipal de Turismo (Contur) e a primeira coordenada pelo seu presidente, o empresário Gilson Becker, representante de hotéis, restaurantes e bares.
Trata-se de área em que Osório ainda não deslanchou, em razão da retração de investimentos em turismo receptivo, apesar do surgimento de boas oportunidades na Borússia e entorno das lagoas.
O turismo para se desenvolver precisa principalmente da iniciativa privada, criando atrativos e empreendimentos para o público brasileiro e do Mercosul.
Uma das metas do presidente é a formulação das diretrizes básicas a serem empreendidas na política municipal de turismo. Pode ser o primeiro passo para alguns avanços.

Anúncios

Tramandaí receberá recursos para reforçar turismo

A Secretaria de Turismo de Tramandaí recebeu nesta semana a confirmação da Confederação Nacional de Municípios (CNM) de que esta apta a solicitar verba para a promoção do turismo no município, pelo Ministério do Turismo.
Com isso, a Secretaria receberá ainda a oferta de cursos preparatórios gratuitos para os moradores, dentro do programa Pronatec Voluntário. Os cursos serão selecionados de acordo com a necessidade do local.
O Pronatec Voluntário consiste na oferta não financiada de cursos FIC e Técnico à Distância – EAD, por instituições privadas de educação.

Imbé aposta na Festa da Tainha

Imbé quer evento forte na baixa temporada

Através da parceria entre a Prefeitura e a iniciativa privada, Imbé sediará, de 21 de julho a 6 de agosto, a Festa da Tainha. Ao Município caberá apenas a cedência da área, localizada às margens do Rio Tramandaí, na Avenida Nilza Costa Godoy (antiga Rio Grande), ao lado do Heliponto Municipal. A lei que autoriza o uso da área foi sancionada hoje (24) pelo prefeito Pierre Emerim. O empresário Rojoel Amaral executará e organizará a Festa.
Entre as atrações estarão a tainha assada na brasa e gastronomia farta em frutos do mar, mostra de cervejas, shows musicais, feira de doces, exposição de artesanato, lojas de confecções e produtos diversos. Haverá uma arena para shows, com capacidade para cinco mil pessoas, um pavilhão para gastronomia e outro para feiras, diversos pontos externos de vendas e parque de diversões.
Para o prefeito Pierre Emerim, a parceria tem tudo para dar certo. “Não tenho dúvidas que será um grande evento que movimentará nossa cidade na baixa temporada, fomentando a economia local, trazendo turistas e entretenimento. Esta será a primeira de muitas festas da tainha que teremos. É o pontapé inicial”, salienta.

Prefeituras têm papel no desenvolvimento turístico

visaoVemos muitos prefeitos do Litoral Norte preocupados com a questão financeira, partindo então para uma remodelação da sua gestão, reduzindo o número de cargos e de secretarias. Medidas que têm justificativa, ressalte-se. No entanto, a funcionalidade da administração, com atuação em diversos setores, precisa também ser repensada.
Osório possui um programa de desenvolvimento turístico? Esta pergunta vale também para as outras prefeituras. Vemos com preocupação a manutenção de um mesmo modelo de desenvolvimento, com o setor de turismo recebendo, em muitos casos, cerca de 2% do orçamento municipal. Evidente que a evolução é mínima, não se fazendo aquele salto rumo ao século 21, prevalecendo a velha mentalidade dos anos 80 e 90, girando em torno da espera de investidores. Ora, o setor público é que deve ser o primeiro a incentivar, mas sua atitude é fraca demais.
Amanhã e quarta-feira o Litoral esvazia, deixando bem na foto muitos empresários, mas há pontos que ainda não foram enfocados pelas prefeituras, empresários e comunidades. O cenário econômico não facilita, dada a retração dos investimentos verificada desde o ano passado, mas é preciso ter foco no fortalecimento do comércio, serviços e infraestrutura.
O turismo pode ser nacional e internacional, não apenas baseado no público gaúcho. Esta é a grande jogada que muitos não percebem. A internet é uma grande divulgadora, o que uma turismóloga certa vez disse numa palestra em Osório. Seu relato técnico é ignorado até hoje. Uma mentalidade pequena torna as coisas simplesmente pequenas. Pensar grande, olhar o mundo que hoje vemos na pequena tela de um telefone. É muito difícil isto?

Hotéis comemoram tempo bom no Litoral Norte

Ivone Ferraz

Ivone Ferraz

Ontem conversei com a presidente do Sindicato dos Hotéis, Bares e Restaurantes do Litoral Norte, Ivone Ferraz. Segundo ela, a maioria dos hotéis da região lotou no Réveillon. Nesta semana muitos argentinos chegaram à orla, principalmente em Torres. “A expectativa para o Carnaval está boa. Já foram feitas reservas para este período”, afirma.
Ivone afirma que a maioria das pessoas está se hospedando por apenas três dias. Cerca de 20% destes ficam uma semana ou mais.
Uruguaios também têm vindo a Torres e litoral catarinense, o que deverá ser uma constante se o clima favorecer ao longo de janeiro e fevereiro.

Franceses conhecem Litoral Gaúcho

Parada dos franceses em Imbé

Parada dos franceses em Imbé

Um casal de viajantes franceses está em Imbé. Eles estão percorrendo uma viagem pela América do Sul há três anos e esta é a primeira passada deles pela cidade. Eles passarão a noite desta sexta-feira (2) na cidade e depois seguem rumo a Torres. Jacky e Leticia percorrem estradas num motorhome.
A recepção aos visitantes foi feita pelo responsável pela Central de Atendimento ao Turista, Renato Dias, e pelo diretor do Departamento de Comunicação, Leandro Luz que levaram material informativo e turístico de Imbé. Para saber mais sobre o roteiro e lugares visitados pelo casal, basta entrar no site Itinéraire d’un Iveco Voyageur.

Feriado da República é prévia do veraneio no Litoral Norte

Ivone Ferraz

Ivone Ferraz

Este feriado de 15 de novembro serviu para movimentar Tramandaí, Capão da Canoa, Xangri-Lá e Torres, pois muita gente se deslocou para o Litoral aproveitando o tempo bom. Várias pessoas foram até a beira-mar desfrutar desta prévia do verão, embaladas pela primavera quente.
Faltam poucas semanas para o Réveillon e os setores hoteleiro e de gastronomia aceleram os preparativos para receber a clientela. Conforme Ivone Ferraz, presidente do Sindicato dos Hotéis, Restaurantes e Bares do Litoral Gaúcho, há perspectiva de vinda de grande número de argentinos, aproveitando a alta do dólar no Brasil.
Ela esteve neste segundo semestre de 2016 participando de eventos e feiras do setor em São Paulo, Santa Maria, Gramado e na Argentina. Ivone afirma que o tempo bom resultará em grande movimento de turistas e veranistas na região.

Lédio Maciel

Lédio Maciel

“Com a alta do dólar o brasileiro, em sua maioria, não vai viajar para o Exterior e isto nos proporciona coisas boas”, explica. A dirigente aponta que a temporada vai gerar muitas vagas de trabalho que estão sendo buscadas também por pessoal de Caxias do Sul e outras cidades e até da Argentina. “Vai haver um boom de empregos no litoral gaúcho neste ano”.
O aluguel de imóveis também começa a registrar maior procura nos balneários gaúchos. “Já há gente reservando casas e apartamentos, principalmente a partir do Natal”, afirma o corretor de imóveis Lédio Maciel, de Torres. “O Réveillon aqui vai ser muito concorrido. Quem quiser alugar bem tem que se agilizar”. Segundo ele, o tempo mínimo de locação de imóvel fica em dez dias.